Em novo decreto de Kalil, bares e restaurantes de BH podem funcionar até 1h

bar
Novo horário já passa a valer a partir de hoje (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Bares e restaurantes de Belo Horizontes, além de outros setores da área comercial, estão com novos horários de funcionamento. Um decreto assinado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) determina como se dará a abertura. O documento foi publicado no DOM (Diário Oficial do Município) desta terça-feira (31). Este é mais um passo durante a flexibilização realizada pela prefeitura na pandemia de Covid-19.

A partir de hoje, restaurantes, cantinas, sorveterias, bares e similares poderão funcionar diariamente das 11h às 1h. O consumo no local é permitido. A medida também é válida para aqueles estabelecimentos localizados no interior de galerias de lojas, centros de comércios, shoppings centers e clubes de serviço, de lazer, sociais e esportivos.

O decreto esclarece que “não há restrição de horário para a entrega em domicílio”. As padarias e lanchonetes também têm a permissão para o consumo no local e podem funcionar entre 5h e 1h, todos os dias da semana. “Para o consumo de bebidas alcoólicas no local, devem-se observar as restrições dos demais serviços de alimentação”, esclarece o decreto.

Eventos escolares

O DOM desta terça também trouxe uma portaria da SMSA (Secretaria Municipal de Saúde) que dispõe sobre protocolos para atividades presenciais em creches, escolas de ensino infantil, fundamental e médio. Os eventos escolares deverão, a partir de hoje, observar as determinações aplicadas a feiras, exposições, congressos e seminários.

Dentre as medidas a serem seguidas estão:

  • Higienizar as mãos, com álcool 70%, de todos que entrarem no local, inclusive funcionários
  • Impedir a entrada de pessoas sem máscara ou que não estejam utilizando a máscara de forma adequada
  • Informar em local visível o número máximo de pessoas permitido nas dependências do evento
  • Demarcar trajeto sugerido, de forma a evitar aglomerações, fluxo e contra fluxo de pessoas

O protocolo completo pode ser visto aqui.

Covid-19

A capital mineira tem 270.750 casos confirmados do novo coronavírus e 6.522 óbitos. O número de pacientes recuperados chegou a 261.291 e os em acompanhamento a 2.952. Os dados são do Boletim Epidemiológico e Assistencial dessa segunda (30). Veja os indicadores de monitoramento da pandemia:

  • Número médio de transmissão por infectado (RT) – 0,92 – nível verde
  • Ocupação de leitos de UTI Covid-19 – 46,6% – nível verde
  • Ocupação de leitos de enfermaria Covid-19 – 32,8% – nível verde

O boletim trouxe ainda que 79,6% do público-alvo da campanha de vacinação contra a Covid já recebeu a primeira dose do imunizante e a dose única. Confira os números:

  • Aplicações de 1ª dose – 1.810.939
  • Aplicações de 2ª dose – 897.816
  • Aplicações de dose única – 58.848

O informe da prefeitura pode ser lido aqui.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ de maio de 2017 a dezembro de 2021. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários