Homem não aceita usar máscara, ameaça matar fiscais de Brumadinho e vai preso: ‘Vagabundos’

Suspeito foi preso próximo da rodoviária
Suspeito foi preso próximo da rodoviária (Prefeitura de Brumadinho/Reprodução)

Um homem de 30 anos foi preso após xingar e ameaçar de morte servidores da Saúde e fiscais da Defesa Civil de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, na terça-feira (28). O suspeito ficou nervoso após ser orientado a usar máscara por conta da Covid-19.

As vítimas contaram aos policiais que orientavam a população sobre o combate ao novo coronavírus quando viram o homem sem a máscara. Na cidade da Grande BH, um decreto municipal determina o uso obrigatório da proteção nos espaços públicos.

Os fiscais, conforme relatado na ocorrência, pediram para ele usar o adereço e acabaram sendo hostilizados. O homem chamou os funcionários da prefeitura de “vagabundos” e “sem ter o que fazer”.

Depois disso, ele fugiu, mas acabou sendo encontrado pela PM nas proximidades da rodoviária.

Uma nova tentativa para o uso da máscara foi feita, após a abordagem dos militares. Desta vez, o homem ameaçou matar os servidores do município. As ameaças continuaram enquanto a ocorrência era feita.

Buscas no sistema apontaram que o suspeito tem passagens por agressão, furto e outros crimes. O homem recebeu voz de prisão e foi levado para a 5ª Delegacia de Plantão de Brumadinho.

Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).