Jogadores do Cruzeiro decidem paralisar treinos em função de salários atrasados

jogadores cruzeiro treino
Jogadores podem cruzar os braços (Bruno Haddad/Cruzeiro)

O atraso no pagamento de salários pode fazer com que jogadores do Cruzeiro parem de treinar. É que uma paralisação foi organizada pelos atletas devido à insatisfação com a situação financeira do clube. A informação foi divulgada pelo repórter Samuel Venâncio, setorista do clube na Rádio Itatiaia, e confirmada pelo goleiro Fábio em seguida.

Os atrasos salariais ocorrem desde o ano passado e têm deixado os jogadores insatisfeitos. Por isso, eles decidiram aderir à greve, para buscar uma solução para o caso. A reapresentação do elenco está marcada para esta quinta-feira (14), mas, com a decisão dos jogadores, pode não ocorrer.

“Faremos a paralisação dos treinamentos em voz a todos os colaboradores que amam o clube estão desamparados”, diz trecho que uma carta publicada nas redes sociais do goleiro do clube, Fábio, em nome de todos os atletas. “Infelizmente, ficou intolerável e injustificável a forma como os atletas e funcionários estão sendo geridos”, continua a carta (leia na íntegra abaixo).

‘Não aceitaremos’

No texto, os atletas citam ainda os outros profissionais do clube, que tiveram suas vidas afetadas pelos pagamentos atrasados. “Chegou ao ponto insustentável de termos até seis meses de atrasos, o que demonstra a precária situação financeira a que estão expostos todos os funcionários, que atualmente estão sendo socorridos pelo auxílio/ajuda financeira dos atletas profissionais”, pontua a carta.

Os jogadores ressaltam ainda que a situação é “delicada” e “praticamente impensável para um clube da grandeza e tradição do Cruzeiro”. “Não aceitaremos essa negligência que tem afetado famílias que dedicam seu tempo, seu suor, seu esforço para cuidar, zelar, servir essa instituição tão amada”, finaliza o texto.

Apoio do técnico

Uma folha de salários foi paga pela diretoria na última semana. Apesar disso, a insatisfação dos jogadores permanece e a indignação continua contra a diretoria da equipe celeste.

Samuel Venâncio apurou que os atletas seguem tendo o apoio do técnico Vanderlei Luxemburgo. A permanência do treinador para a temporada 2022 está indefinida, já que as pendências salariais prosseguem.

O BHAZ procurou o Cruzeiro, mas até a publicação da matéria não recebeu o retorno do clube. Tão logo o clube se posicione, esta matéria será atualizada.

Presidente na Europa

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, está em viagem para Portugal. Nesta quarta-feira (13), ele foi o palestrante do congresso Global Football Management. O tema foi: “Os desafios da gestão moderna de futebol no Brasil”.

O Cruzeiro ocupa a 11ª colocação da Série B com 39 pontos. A equipe empatou em 0 a 0 com o Botafogo na noite de ontem (12).

Carta dos jogadores na íntegra:

Edição: Giovanna Fávero
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários