Tem estrela! Galo sai atrás e o estreante Diego Costa empata com golaço

diego costa galo
O jogador Diego Costa durante partida entre RB Bragantino e Atlético MG. (Wilian Oliveira/Futura Press/Folhapress)

O Galo largou atrás no placar contra o Bragantino, mas pressionou bastante e conseguiu arrancar um empate com o estreante Diego Costa. O segundo empate seguido da equipe de Cuca veio nesta noite de domingo (29) no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Mesmo com o pequeno tropeço, o alvinegro permanece líder com 39 pontos, quatro a mais que o Palmeiras. Na próxima rodada, o Galo tenta voltar a vencer no duelo fora de casa contra o Fortaleza no outro domingo (12).

Corrido

A partida começou movimentada, à altura de um duelo de times no G4. A primeira chance foi do Massa Bruta, aos 4 minutos, no chute de Jadsom para fora. O Galo respondeu com perigo aos 8 minutos no chute desviado de Vargas que fez o ex-goleiro atleticano Cleiton espalmar. Savarino driblou os marcadores aos 13 e chutou no meio do gol, para outra defesa do goleiro.

Vixe

O time paulista abriu o placar aos 15 minutos após um gol contra. Cuello se livrou da marcação, foi à linha de fundo e cruzou. O atleticano Nathan Silva desviou na bola e mandou para o próprio gol: 1 a 0 para o Bragantino.

Tenta a reação

O Galo, que já jogava de forma ofensiva, tentou aumentar as descidas ao ataque para buscar a igualdade no placar. Arana chutou forte aos 34 e Cleiton espalmou. Pouco depois, aos 37, Zaracho mandou de voleio e a zaga do Braga tirou pertinho da linha. Hulk mandou a bomba na marca dos 39 e a bola saiu. Outra boa jogada atleticana foi construída aos 46, e resultou numa cabeçada perigosa de Nacho, que Cleiton agarrou.

Estreia especial

O jogo também simbolizou a estreia do atacante Diego Costa com a camisa atleticana. O jogador – que já marcou 152 gols em toda a carreira – entrou no lugar de Savarino aos 14 do 2T. Ele ensaiou uma bicicleta aos 27 minutos, mas um atleta do Braga impediu a conclusão certeira.

O Galo continuava na pressão: Hulk arrematou rasteiro no cantinho aos 32 e o goleiro mandou para escanteio. O time de Maurício Barbieri respondeu logo depois no chute de Vitinho, bloqueado pela zaga atleticana.

Chegou com tudo

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura, né? Na marca dos 39 do 2T, o Galo roubou a bola e ela ficou com Sasha. O atacante cruzou certinho para Diego Costa acertar um bonito chute no ângulo, para deixar tudo igual e incendiar o final da partida.

Por pouco, não veio o segundo aos 43 após cabeceio de Hulk, muito bem defendido por Cleiton. O empate persistiu até o fim e, pelo menos, a sequência de 11 jogos invictos chegou para o Atlético.

Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatriz.othero@bhaz.com.br

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre esportes para o BHAZ. Participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2021 e de reportagens premiadas pela Rede de Rádios Universitárias do Brasil em 2020.

Comentários