Torcedor do Cruzeiro confronta Itair Machado e apedreja carro

carro itair machado apedrejado
Episódio aconteceu na tarde desta sexta (Reprodução/Twitter)

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que um torcedor do Cruzeiro atira uma pedra contra o carro do ex-dirigente do clube, Itair Machado. O episódio ocorreu na tarde desta sexta (2), enquanto o carro estava parado em uma avenida da capital. Antes de jogar a pedra, o homem se aproxima do veículo e mostra que Itair está sozinho ao volante.

No vídeo de pouco mais de um minuto, o torcedor, que não foi identificado, filma o carro de Itair de longe, chama o ex-dirigente de “pilantra que acabou com o Cruzeiro” e diz que “não pode deixar passar batido”. “O que a gente tem que fazer é isso aqui. Quando a gente pega um safado igual esse Itair Machado aqui, olha que pilantra… O cara que acabou com o Cruzeiro ali sentadinho, tem que pegar uns caras desses e fazer assim”, diz, logo antes de jogar a primeira pedra.

Depois de acertar o para-brisa do carro, uma BMW branca, o torcedor ainda incentiva o ex-dirigente a descer do veículo. “Desce aí!”, pede o homem enquanto filma o momento. Ao perceber que Itair está dirigindo para longe, ele ainda joga outras pedras e tenta seguir o carro por poucos metros. Confira:

A Polícia Militar informou que não recebeu nenhum chamado sobre o episódio e, até o momento, não foi registrada ocorrência.

‘Devia ter jogado 10’

Não demorou muito e o vídeo logo ganhou repercussão nas redes sociais. No Twitter, não faltaram cruzeirenses apoiando a atitude do torcedor e desabafando a raiva contra o ex-dirigente do clube. “O erro do vídeo do Itair Machado foi não ter estragado mais o carro dele”, comentou uma internauta. “Ridícula a atitude desse torcedor!!!Devia ter acertado a cara do Itair”, ironizou um segundo.

Variações do mesmo comentário apareceram diversas vezes na rede social: “Como pode um cara fazer uma coisa dessas? Um absurdo jogar uma pedra no carro do Itair. Devia era ter jogado dez”. Por outro lado, alguns também condenaram a atitude do torcedor que jogou a pedra e dos demais que o apoiaram, pontuando que não acreditam que a violência seja uma opção.

Edição: Roberth Costa
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Editora do BHAZ desde julho de 2021 e repórter desde 2019. Graduada em jornalismo pela PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais). Participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2021, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sebrae de Jornalismo também em 2021.

Comentários