Homem mata mulher a tiros após suspostamente confundi-la com ex-namorada

viatura policial
Homem foi preso pela polícia (FOTO ILUSTRATIVA: Amanda Dias/BHAZ)

Um homem de 29 anos é acusado matar a tiros uma mulher que ele supostamente confundiu com a ex-namorada. Os investigadores estão trabalhando com essa possibilidade depois que o pai da ex-namorada revelou que o ex-genro foi a uma propriedade dele em busca da filha antes de cometer o assassinato. O crime, que aconteceu na última quinta-feira (7), chocou a pequena cidade de Nisswa, no estado de Minnesota, nos Estados Unidos.

Cameron Moser foi preso no condado de Crow Wing, na última sexta-feira (8), em conexão com a morte de Bethany Bernatsky, de 46 anos, que estava hospedada no Cosy Bay Resort. Segundo o xerife do condado, Scott Goddard, possivelmente o autor pretendia matar sua ex-namorada de 26 anos, que é filha de um ex-proprietário do resort no Lago Edward.

De acordo com o pai e ex-proprietário, Bret Jevning, que agora possui um estacionamento para trailers em frente ao resort, o ex-genro estava “confundindo [Bernatsky] com minha filha” quando ele supostamente atirou nela, segundo o jornal local Minneapolis Star Tribune. O pai disse à polícia que Cameron foi ao estacionamento em busca da sua filha momentos antes de abrir fogo com uma AR-15 nas proximidades e matar Bethany.

Ainda de acordo com Jevning, o jovem estaria bravo com a ex-namorada, pois ela tinha parado de usar drogas e estava começando a reabilitação.

As famílias das duas mulheres dizem que elas se parecem.”[As duas] se parecem. Elas têm a mesma estrutura corporal, altura e cor de cabelo”, disse o irmão de Bernatsky, Ben, ao Star Tribune.

Homem está preso sob fiança (Reprodução/Crown Wing County Jail e Facebook)

Acusação

Ainda de acordo com o Star Tribune, Cameron foi acusado nessa segunda-feira (11) de assassinato intencional de segundo grau. A polícia encontrou o corpo de Bernatsky em uma cabana de resort perto de Nisswa na quinta-feira, depois que uma pessoa ligou para as autoridades para relatar tiros vindos da cabana ao lado. Os oficiais encontraram o jovem perto do estacionamento de trailers com um rifle e uma pistola. Ele se rendeu por volta da uma da manhã.

Carcaças de projéteis recuperadas da cabine onde o corpo da mulher foi encontrado combinavam com o rifle de Moser, segundo a denúncia. Cameron está preso sob fiança de 1 milhão de dólares – cerca de R$ 5,5 milhões na cotação atual – e sua próxima audiência está marcada para o dia 20 de outubro.

Bethany Bernatsky era treinadora de cavalos e havia se mudado para o Cosy Bay Resort apenas algumas semanas antes de ser baleada.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários