Macaco vestido com colete à prova de balas morre em tiroteio no México

Macaco-aranha foi baleado durante tiroteio
Macaco-aranha foi baleado durante tiroteio (Reprodução/Agência Reforma)

Um macaco que vestia um colete a prova de balas morreu durante um tiroteio em Texcaltitlán, no Sul do México. O macaco-aranha, que vestia um suéter camuflado no estilo militar, uma frauda e o colete, foi encontrado abraçado a um dos onze civis mortos durante a troca de tiros.

De acordo com o jornal “La Prensa”, o animal pertencia a um dos homens mortos no confronto entre a polícia e supostos membros da Família Michoacana, responsável pelo crime organizado da região. O confronto ocorreu na última terça-feira (14) na comunidade de Palo Amarillo e possuía como objetivo a prisão de um dos líderes da quadrilha, conhecido como El Gorila.

Quando encontraram o corpo, policiais observaram que o primata havia segurado com força os ombros de um dos mortos, que parecia ser menor de idade. O macaco foi atingido por vários tiros.

Giulia Di Napoligiulia.di.napoli@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários