Os ET’s estão vindo? China encontra sinais de tecnologia extraterrestre

fast
Os sinais foram detectados graças ao Fast – o maior radiotelescópio do mundo (Academia Chinesa de Ciências/Divulgação)

Com a ajudinha nada tímida do maior radiotelescópio do mundo, estudiosos da China encontraram sinais do que pode ser uma civilização extraterrestre no espaço. A descoberta foi publicada no relatório Science and Technology Daily, jornal do Ministério de Ciência e Tecnologia da China, na última terça-feira (14). As informações são do jornal chinês Sohu.

Segundo o pesquisador Zhang Tongjie, professor de astronomia da Universidade Normal de Pequim, “vários sinais eletromagnéticos de banda estreita, diferentes daqueles detectados no passado, apontam para possíveis vestígios tecnológicos de fora da Terra”.

Mas o estudioso ressalta que há grande possibilidade de que o sinal suspeito seja algum tipo de interferência de rádio. “Este pode ser um processo longo para uma investigação mais aprofundada”, explica ele.

Radiotelescópio gigante

Os pesquisadores iniciaram a busca por civilizações extraterrestres em abril de 2020. Para isso, eles se utilizam do Fast – um grande radiotelescópio que abrange uma área total de 250 mil metros quadrados.

O equipamento, que funciona como um “olho gigante”, possibilita que os humanos observem a primeira geração de corpos celestes, além de ondas gravitacionais e até mesmo buracos negros.

Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog.

Comentários