Bolsonaro vem a BH amanhã anunciar recursos para a ampliação do metrô

Jair Bolsonaro presidente
Bolsonaro vai anunciar recursos para o metrô de BH (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vem a Belo Horizonte amanhã (30) anunciar a privatização da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), empresa responsável pelo metrô na capital mineira. Um projeto concede crédito de R$ 2,8 bilhões para que a estatal passe à iniciativa privada. O recurso será utilizado, entre outros fins, para ampliar a linha metroviária da cidade.

A visita faz parte das comemorações pelos mil dias do governo, completos nessa segunda-feira (27). Segundo o Governo de Minas, o governador Romeu Zema (Novo) vai acompanhar o presidente nesta quinta-feira em BH. Na ocasião, o presidente deve anunciar os recursos que serão utilizados para o financiamento da linha 2 (Calafate/Barreiro) do metrô, a modernização da linha 1 e a cobertura de déficit orçamentário da empresa.

A assessoria do governo estadual não repassou mais informações sobre o evento.

Ampliação do metrô

O governo federal já tinha anunciado, no final de agosto, um acordo com o Governo de Minas para a ampliação da linha 1 e construção da linha 2 do metrô de Belo Horizonte. O anúncio foi feito pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, responsável pela CBTU.

Romeu Zema explicou que serão investidos R$ 3,2 bilhões no metrô de Belo Horizonte, sendo R$ 2,8 bilhões do governo federal e cerca de R$ 400 milhões do Governo de Minas. Será feito um edital de concessão para que se iniciem as obras de ampliação na linha já existente e a conclusão da linha 2. A finalização dos estudos de viabilidade do projeto e as audiências públicas estão previstas para ainda este ano, com realização do leilão no primeiro trimestre de 2022.

A linha 1 do metrô, atualmente a única de Belo Horizonte, liga o bairro Água Branca, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, ao bairro Vilarinho, na região de Venda Nova, na capital. Já a linha 2 pretende ligar o bairro Calafate, região Oeste de BH, à região do Barreiro.

Apesar da novidade de investimento da iniciativa privada, as obras de ampliação do metrô já são uma promessa antiga e conhecida pelos mineiros. As obras da linha 2 do metrô de BH que ligariam a região do Barreiro ao Calafate chegaram a ser iniciadas em 1998. No entanto, só duraram até o ano de 2003, quando foram paralisadas e até o momento não foram retomadas (leia mais aqui).   

Projeto já aprovado

A Câmara dos Deputados e o Senado Federal aprovaram, no começo desta semana, o projeto de lei que libera os R$ 2,8 milhões para obras no metrô em BH. A proposição foi enviada pelo Poder Executivo.

Nota do Governo de Minas na íntegra

“Está prevista agenda do governador Romeu Zema, com o presidente Jair Bolsonaro, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira. As informações sobre o evento devem ser solicitadas à Assessoria da Presidência, que está responsável pelo credenciamento da imprensa”.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários