Cidade do Sul de Minas marca 2,9ºC e bate recorde de frio deste ano

monte verde frio
Cidade amanheceu com muita neblina (Reprodução/@nelson.montart/ Nelson Pacheco/Rebecca Wagner)

Uma cidade localizada no Sul de Minas Gerais registrou a menor temperatura do ano em todo o estado, nesta quarta-feira (19). Os termômetros chegaram a registrar 2,9ºC em Monte Verde, distrito de Camanducaia, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Já em Belo Horizonte, a mínima foi de 13,4ºC.

Outras cidades da região também registraram um início de manhã bem “congelante”. Em Caldas, foram 4,6ºC, em Maria da Fé, 5ºC, Varginha, 9,6ºC, e Passos, 10ºC. Segundo o Instituto, ainda tem previsão de frio no Sul do estado nos próximos dias, principalmente nos munícipios da Serra da Mantiqueira, como Monte Verde e Três Marias, mas não devem ser registrados novos recordes.

A próxima mínima no estado está prevista novamente para essa região, 3ºC, com céu claro, parcialmente nublado, e geada. Já a máxima, espera-se que aconteça no Norte de Minas, com temperaturas acima de 32ºC. Na Zona da Mata, Campos das Vertentes, Vale do Rio Doce, Mucuri, e Vale do Jequitinhonha, céu parcialmente nublado. Nas demais áreas, há mais chances de se ver um céu “limpinho”, sem ou com poucas nuvens.

Quer ir ou sair de Monte Verde?

Frio: amado por alguns, odiado por outros. Nas redes sociais, reações diversas para as temperaturas baixas do distrito de Camanducaia. “Quero ir pra Monte Verde encarar o frio de 5°C”, escreveu uma internauta. Já outro, preferiu repensar a sua ida ao município diante do frio: “Não vou pra Monte Verde sábado não, se aqui tá frio assim, imagine lá”, disse.

E em BH e região?

Na capital, a máxima prevista é de 28ºC, enquanto na Grande BH, 29ºC. Já a mínima, chegará por volta de 14ºC, desta forma, nos próximos dias, Belo Horizonte não vai atingir nenhum recorde frio do ano.

Há expectativa, inclusive, de uma elevação dos termômetros. “Vai aumentar um pouco a temperatura”, garante Claudemir, meteorologista do Inmet. A umidade, por sua vez, está em torno de 35% a 30%. Quando fica abaixo de 30%, os riscos à saúde aumentam, causando desconforto físico ou mesmo desencadeando doenças. De acordo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o índice adequado de umidade do ar deve ficar entre 50% e 80%.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários