Pesquisar
Close this search box.

Funcionário ameaça denunciar descumprimento de direitos trabalhistas e é assassinado pelos patrões

Por

Polícia Civil em Rodeiro
Dois suspeitos foram encontrados em Rodeiro (Polícia Civil/DIvulgação)

Dois empresários foram presos, nessa quarta-feira (21), suspeitos de matar um funcionário de 23 anos em Rodeiro, na Zona da Mata mineira. A vítima teria ameaçado denunciar os patrões pelo não cumprimento de seus direitos trabalhistas. Outro funcionário do estabelecimento também foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, os proprietários do local onde era vítima trabalhava são uma mulher de 23 anos e um homem de 27. A suspeita foi presa em Ubá, a 16 km de Rodeiro. O proprietário e o outro funcionário do estabelecimento, de 19 anos, foram localizados na própria cidade de Rodeiro.

Conforme investigação da Polícia Civil, no dia 6 de abril, a mulher investigada teria atraído a vítima para o local do crime, próximo à residência onde ela morava.

Os outros dois suspeitos, o proprietário e o outro funcionário, aguardaram a chegada do rapaz em um lote vago próximo ao local marcado. Quando ele desceu de seu veículo, os investigados saíram do esconderijo e o executaram em via pública.

A motivação do crime seria o não cumprimento, por parte dos patrões, de direitos trabalhistas da vítima. O jovem teria ameaçado denunciar os dois empresários por irregularidades no estabelecimento comercial em que trabalhava.

As prisões foram desencadeadas pela 2ª Delegacia Regional em Ubá, unidade que integra o 4º Departamento da Polícia Civil em Juiz de Fora. Os suspeitos foram conduzidos para a unidade policial e, em seguida, encaminhados ao sistema prisional.

Sofia Leão

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ