Padrasto é preso após torturar três crianças em Minas; vítimas estavam abandonadas e machucadas

Viatura Polícia Civil
Investigação e prisão foram realizadas pela Polícia Civil (FOTO ILUSTRATIVA: Amanda Dias/BHAZ)

Um homem de 29 anos foi preso após torturar três crianças, em Bonfinópolis de Minas, na região Noroeste de Minas Gerais. As vítimas eram enteadas do suspeito. A prisão aconteceu, nessa sexta-feira (24), após a tia das crianças denunciar o homem para a polícia.

De acordo com a Polícia Civil, a mãe das crianças morreu na última terça-feira (21) por ingestão de medicamentos. Desde então, o trio ficou sob os cuidados do padrasto. A tia foi visitar os familiares e descobriu que as crianças estavam sozinhas e muito machucadas.

“A tia das crianças as apresentou ao Conselho Tutelar local que repassou as informações para a Polícia Civil, já na manhã de quarta”, destacou a delegada Fabiana Barreto Nascimento.

Prisão preventiva

Durante os trabalhos de investigação, a polícia teve a confirmação de que o padrasto era quem torturava as crianças. O pedido de prisão preventiva foi solicitado e aceito pelo poder Judiciário.

O suspeito foi detido em Riachinho, cidade que fica 161 km de distância de Bonfinópolis de Minas. “Ele estava pronto para empreender fuga”, contou a delegada.

O homem foi levado para o sistema prisional e ficou à disposição da Justiça. A PM auxiliou nos trabalhos.

Com PCMG

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários