Pesquisar
Close this search box.

Mulher é presa suspeita de matar idoso e atear fogo em casa após briga em Minas

Por

Polícia Civil
Acreditando que vítima estava morta, mulher ateou fogo na casa (Amanda Dias/BHAZ)

Uma mulher de 29 anos foi presa suspeita de matar um idoso de 65 anos no último domingo (9), em Bambuí, região Centro-Oeste de Minas Gerais. Ela teria empurrado o homem durante uma briga, e acreditando que ele estava morto, ateou fogo na casa.

A suspeita foi presa nessa terça-feira (11) e admitiu envolvimento no crime. De acordo com a Polícia Civil, no dia do ocorrido, um incêndio de grandes proporções consumiu toda a casa onde a vítima morava, no bairro Coração de Jesus, e a suspeita de causas criminosas foi levantada. 

Por meio de investigações, a corporação descobriu que o local havia recebido duas entregas de bebidas por meio de um disk cervejas, identificando a suspeita de ter recebido os produtos. Além disso, testemunhas também relataram ter ouvido gritos vindos da residência por volta da meia noite, na data do crime.

Confissão

Com essas informações, a equipe coordenada pela delegada Cláudia Cipullo localizou a suspeita, que admitiu participação no crime. Segundo o relato da mulher, ela estava consumindo bebidas alcoólicas quando se envolveu em uma discussão acalorada com o homem.

“Em um momento de descontrole, a mulher teria empurrado a vítima, que caiu e bateu a cabeça. Acreditando que a vítima tinha morrido, a suspeita a levou para um quarto, ateou fogo e trancou a porta”, afirma a delegada.

A Polícia Civil, então, solicitou a prisão temporária da suspeita, que foi deferida pela Justiça e cumprida na terça-feira. A investigada foi encaminhada para o sistema prisional. “As investigações continuam em andamento com o objetivo de esclarecer a motivação e circunstâncias do crime”, completa a corporação.

Sofia Leão

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ