Candidatura de Carlos Viana para governador é confirmada e chapa contará com Cleitinho ao Senado

Candidatura de Carlos Viana é confirmada para o governo de Minas. Chapa deverá contar com o deputado estadual Cleitinho concorrendo ao Senado. (Roque de Sá/Agência Senado)

Após reunião em Brasília com o presidente Jair Bolsonaro (PL) nesta terça-feira em Brasília, ficou confirmada a candidatura do senador Carlos Viana (PL) ao governo de Minas. O lugar de vice ficou, a princípio, com o deputado federal Bilac Pinto (União Brasil), mas deverá ser confirmado pelo partido.

A chapa contará, ainda, com a candidatura do deputado estadual de Cleitinho (PSC) ao Senado.

A reunião onde ocorreu o acerto contou com a presença de Bolsonaro, de Viana, do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, do senador Flávio Bolsonaro (PL), e dos presidentes estaduais em Minas do União Brasil, do Republicanos e do PSC. A expectativa é de que Viana consiga apoio dos três partidos para a candidatura.

A continuidade da chapa vinha sendo alvo de dúvidas após reunião entre o atual governador e candidato à reeleição Romeu Zema (Novo) e Bolsonaro, ocorrida na última sexta (29). Após a reunião, Zema confirmou que foi discutida a retirada da candidatura de Carlos Viana ao governo do estado e o apoio do PL à reeleição de Zema já no 1º turno.

No entanto, a candidatura de Viana acabou prevalecendo. Zema, portanto, não deve dar palanque para o atual presidente da república no estado e apoiar o presidenciável Luiz Felipe D´Avila, de seu partido.

No último levantamento do Instituto Datafolha sobre o cenário eleitoral em Minas Gerais, Romeu Zema liderava a disputa ao governo, com 48% das intenções de voto. Seu adversário mais próximo era Alexandre Kalil (PSD), que tinha 21%, e na sequência Carlos Viana (PL) aparecia com 4% da intenções de voto.

Marcelo Álvaro Antônio perde sua candidatura ao Senado

O ex-ministro do turismo de Jair Bolsonaro, deputado federal Marcelo Alvaro Antônio, acabou, pelo arranjo definido em Brasília, ficando sem a sua candidatura ao Senado.

Ele foi preterido pelo deputado estadual Cleitinho, que conta com boa projeção nas pesquisas, e é simpatizante de Bolsonaro e próximo de parlamentares do PL.

Pedro Munhozpedro.munhoz@bhaz.com.br

Editor de Política do BHAZ. Graduado em Direito pela Faculdade Milton Campos e em História pela UFMG, trabalhou como articulista de política no BHAZ entre 2012 e 2013. Atuou como assessor parlamentar desde 2016, com passagens pela Câmara dos Deputados, Câmara Municipal de Belo Horizonte e Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Comentários