De férias, Bolsonaro dança funk que compara feministas a cadelas no litoral de São Paulo

Bolsonaro dança funk proibidão
O presidente Jair Bolsonaro está passando as férias no Guarujá, litoral de São Paulo (Reprodução/Twitter)

Circula na internet um vídeo do presidente Jair Bolsonaro (PL) dançando um funk que ataca esquerdistas, ao lado de apoiadores, no litoral de São Paulo. As imagens foram divulgadas ontem (20) por Mosart Aragão, assessor especial do Palácio do Planalto.

A gravação, compartilhada no Twitter, mostra Bolsonaro em uma lancha no Guarujá (SP), onde está passando as férias de final de ano. A canção, de autoria de MC Reaça, hostiliza políticos de esquerda e compara feministas a cadelas.

Na legenda da publicação, Aragão ironizou a preocupação do atual presidente após o encontro de Lula (PT) e Alckmin (sem partido), no último domingo (19). Na ocasião, os rivais políticos de Bolsonaro compareceram a um jantar e reveleram a intenção de criar uma aliança política para as eleições presidenciais de 2022.

Quem foi MC Reaça?

O autor do “funk proibidão” viralizou na web após criar paródias em apoio ao atual presidente da república. O funkeiro Tales Volpi, de nome artístico MC Reaça, morreu em junho de 2019 e foi encontrado com sinais de enforcamento, em decorrência de um suposto suicídio. Antes de morrer, teria espancado a namorada.

“As mina de direta são as ‘top’ mais bela, enquanto as de esquerda têm mais pelo que cadela”, diz um trecho da paródia de “Baile de Favela”, de MC João. “E o Bolsonaro casou com a Cinderela, enquanto o Jean Willis só tava vendo novela”, ironiza outro verso.

A versão de Reaça ainda ataca Paulo Freire e tece elogios a Olavo de Carvalho: “Essa juventude só se degenera / Pega o Paulo Freire e manda pra estratosfera / Um Brasil pra frente é o que o povo espera / Vamos distribuir livro do Olavo pra galera”.

Confira “O Proibidão do Bolsonaro” na íntegra:

Internautas tecem críticas a Bolsonaro

Na web, as imagens publicadas pelo assessor de Jair Bolsonaro geraram críticas às “férias” do chefe do Executivo. Nos comentários, um usuário disparou: “É o funk do palhaço miliciano”. Outro ainda ironizou, lembrando o histórico de MC Reaça: “Aquele que espancou uma mulher e se matou… grande artista bolsonarista…”.

Confira outros comentários abaixo:

Edição: Vitor Fernandes
Nicole Vasquesnicole.vasques@bhaz.com.br

Graduanda em Jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários