Para contornar a crise, Pimentel aposta no agronegócio e anuncia reforma do Parque da Gameleira

Marcelo Sant’ Anna /Imprensa MG

Na tentativa de driblar a retração no setor industrial e no preço do minério de ferro, o governador Fernando Pimentel (PT) anunciou, nesta terça-feira (20), durante a abertura da 13° feira de agropecuária Megaleite, em Belo Horizonte, dois importantes investimentos para agronegócio: a revitalização do Parque de Exposições Bolivar de Andrade — o parque da Gameleira — e a criação do Fundo Sanitário de Defesa Agropecuária.

É a primeira vez que a Exposição Brasileira do Agronegócio do Leite (Megaleite) é realizada em Belo Horizonte. Até então, há 12 anos, a maior feira pecuária leiteira do país era realizada em Uberaba, no Triângulo Mineiro. A expectativa da produção é atrair mais de 60 mil pessoas a capital mineira.

Com o objetivo de tornar o parque da Gameleira a casa oficial da Megaleite, o governador Pimentel anunciou a licitação para a execução de obras de revitalização e modernização do parque. Segundo ele, o orçamento previsto para o projeto a ser executado pela Companhia Mineira de Desenvolvimento Econômico (Codemig) é de R$5 milhões. “Estamos dando todo o apoio necessário para que a pecuária leiteira de Minas Gerais se firme e continue com esse lugar de destaque que tem tido ao longo desses anos”, disse.

Outro anuncio que beneficiará a categoria dos produtores rurais do Estado é a criação do Fundo Sanitário de Defesa Agropecuária. Pimentel se comprometeu a encaminhar, nos próximos dias, projeto de lei à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), para a instituição de fundo para garantir a sanidades dos rebanhos e das culturas agrícolas dos produtores rurais mineiros.

Codemig

A Codemig passará a ser o principal órgão condutor do desenvolvimento econômico do Estado, após a extinção da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), conforme previsto na proposta de reforma administrativa em tramitação na ALMG.

Somente para a realização da Megaleite, a Codemig desembolsou R$ 1,1 milhão.

Guilherme Scarpellini

Guilherme Scarpellini é redator de política e cidades no Portal BHAZ.