Cantora é expulsa de palco por não mandar ‘alô’ para prefeito: ‘Fui contratada pra cantar’

tayara andreza
Tayara Andreza, ex-integrante da Banda Torpedo, também denunciou que sua equipe foi atingida por spray de pimenta na saída do evento (Reprodução/@tayaraandreza/Instagram)

Uma cantora de brega foi expulsa da festa do Trezenário de Tracunhaém, município de Pernambuco, após não mandar um “alô” para o prefeito da cidade. Tayara Andreza, ex-integrante da Banda Torpedo, também denunciou que a equipe dela foi atingida por spray de pimenta na saída do evento. Pelas redes sociais, o prefeito Aluízio Xavier (PL) pediu desculpas pelo ocorrido (veja abaixo).

“A gente ainda tinha muita música pela frente para tocar pra vocês. Mas eu fiquei sabendo agora que o pessoal da Prefeitura pediu pra gente encerrar o show. Que eu saiba, eu fui contratada pra cantar, não pra ficar mandando ‘alô’. O prefeito e não sei lá quem ficou com raiva porque eu não estava mandando ‘alô'”, reclamou, ainda no palco.

“Não botaram um papel no palco para eu ler o nome do prefeito. As duas vezes que me deram [o celular] eu li, mas não tenho como adivinhar o nome dele, que não gostou de eu não ter chamado”, acrescentou ela, em meio às vaias do público.

‘Falaram que eu tava bêbada’

Pelas redes sociais, Tayara Andreza desabafou sobre o ocorrido e disse que outra justificativa apresentada para que ela deixasse o palco era que ela estaria sob efeito de álcool e drogas. Ainda segundo a artista, a administração do evento negou o uso de spray de pimenta.

“Eles tão tentando alegar alguma coisa, estão falando que eu estava bêbada, que eu estava ‘noiada’. Primeiro que não uso nada e segundo que todo mundo sabe que eu bebo mesmo, mas eu tomei só um copo. Quer dizer que uma mulher bêbada pode ser chamada de p***, pode ser expulsa do trabalho dela só porque tá bêbada? Ah meu Deus, me poupe, se poupem”, disse ela.

“Eles me falaram também que não foi spray de pimenta, mas na hora que eu tava dando entrevista comecei a tossir, todo mundo tossindo, até o câmera tava tossindo. Eles estão querendo arrumar argumentos que não tem”, acrescenta a artista.

Prefeito pede desculpas

Na manhã de hoje (4), o prefeito Aluízio Xavier (PL) publicou um vídeo em que pede desculpas pelo ocorrido. Ele informa, ainda, ter afastado o secretário de Turismo e Cultura do cargo por “não aceitar nenhum tipo de ato desonroso com ninguém”.

“Nesta manhã de domingo, fui surpreendido ao acordar com o minha família com o fato lamentável envolvendo o meu nome e a artista Tayara Andreza, quando na verdade estava em minha residência e não estava sabendo de nada que estava acontecendo”, começa ele.

“Ao tomar conhecimento do fato imediatamente fui procurar informações do que havia acontecido no pátio de eventos no sábado, procurei levantar todas as informações do ocorrido para poder tomar uma decisão e punir os verdadeiros culpados pelo ocorrido. E tratando-se de uma artista e ainda mulher, onde merece atenção e respeito, tomarei toda e qualquer medida”, acrescentou o líder do Executivo municipal.

Edição: Roberth Costa
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog.

Comentários