No flagra! Família coloca cabelo em comida para não pagar conta de restaurante

família cabelo na comida
Câmeras flagraram ação da família e vídeo dá o que falar (Reprodução/Facebook)

Que situação! Uma família foi flagrada colocando fios de cabelo, intencionalmente, em pratos de comida de um restaurante na Cidade do México. O objetivo? Sair sem pagar pelo consumo. O que os envolvidos não esperavam é que toda a movimentação foi gravada por câmeras de segurança.

O vídeo que mostra a família no restaurante, pai, mãe e dois filhos, foi publicado no Facebook nesta semana e gera indignação. Nas imagens, é possível ver que todos eles comem os lanches e que, em determinado momento, a mulher começa a alisar o cabelo para que a comida seja contaminada.

Em outro instante, o registro também mostra que ela chega a compartilhar o próprio cabelo com o marido, para que ele coloque no lanche que comia. Uma das crianças repete a ação da mãe.

O restaurante em que o caso ocorreu resolveu expor a situação por não ser a primeira vez que a família faz o mesmo. Segundo uma trabalhadora do local, os mesmos envolvidos estiveram no local, cerca de um mês antes, e acionaram a gerência falando sobre cabelos na comida.

Da primeira vez, o restaurante se desculpou pelo ocorrido e deixou que saíssem sem pagar, para compensá-los. Na segunda, no entanto, resolveram olhar câmeras de segurança do local e flagram a ação da família.

A dona do restaurante explica que, além de colocar os fios na comida intencionalmente, o homem que acompanhava a família ainda tratou os funcionários aos gritos, dizendo que os responsáveis pela cozinha eram “porcos”.

Não há detalhes se os responsáveis pelo restaurante vão procurar as autoridades para registrar o caso. No entano, a repercussão nas redes sociais é negativa para a família. A maior parte dos internautas condena o fato de que os pais dão mau exemplo aos filhos. E você, o que acha?

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018, 2019 e 2020, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, em 2019, e Sebrae de Jornalismo, em 2021.

Comentários