Molejo faz primeira apresentação após morte de Anderson Leonardo: ‘Continuar o legado’

grupo molejo no encontro
Grupo Molejo participou do Encontro (Reprodução/@tvglobo/X)

O Grupo Molejo fez nesta segunda-feira (10) a primeira apresentação após a morte de Anderson Leonardo, vocalista da banda. O grupo participou do programa Encontro, da TV Globo, e os integrantes destacaram a continuação do legado de Anderson.

Andrezinho, um dos integrantes do Molejo, disse que o retorno à ativa está sendo diferente, porém, os músicos querem continuar transmitindo a alegria de Anderson Leonardo. “A gente sempre deixa bem colocado para todas as pessoas que o Molejo é oriundo de alegria”.

“O Anderson sempre transmitia isso para todos e ele sempre frisava isso, até nos momentos em que ele estava no leito, em algum momento ele fazia alguma piada, quando dava uma melhorada ele pegava um instrumento para tocar, ‘me dá meu repique, me dá meu cavaco”, relembra Andrezinho.

Segundo o músico, o grupo quer que Anderson seja sempre lembrado como uma pessoa alegre. “A nossa intenção é justamente essa, continuar o legado, construirmos juntos. Ele com toda a sua irreverência, a sua brincadeira, capitaneou aqui durante muitos anos e a gente vai seguir dando continuidade ao trabalho”.

Anderson Leonardo morreu em abril deste ano, aos 21 anos, no Rio de Janeiro. O cantor estava enfrentando um câncer na região inguinal, desde 2022. O artista foi internado para tratar um quadro de insuficiência renal.

Por meio do Instagram, o perfil do Grupo Molejo anunciou o falecimento do vocalista. “Nosso guerreiro Anderson Leonardo lutou bravamente, mas infelizmente foi vencido pelo câncer, mas será sempre lembrado por toda família, amigos e sua imensa legião de fãs”.

“Sua presença e alegria era uma luz que iluminava a vida de todos ao seu redor, e sua falta será profundamente sentida e jamais esquecida, nós te amamos”, disse a publicação. Em março, amigos e familiares do cantor fizeram campanha de doação de sangue em favor de Anderson.

Andreza Miranda[email protected]

Graduada em Jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2020. Participou de duas reportagens premiadas pela CDL/BH (2021 e 2022); de reportagem do projeto MonitorA, vencedor do Prêmio Cláudio Weber Abramo (2021); e de duas reportagens premiadas pelo Sebrae Minas (2021 e 2023).

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!