‘Meu 1º dia no céu’: Jovem recebe carta após falecimento do cãozinho de estimação e web se emociona

carta sushi
Juzão emocionou seus seguidores na última semana ao compartilhar a triste despedida do seu companheiro de vida, Sushi, de 14 anos (Arquivo pessoal + Reprodução/@juzao/Twitter)

A publicitária Juliana Muncinelli, conhecida carinhosamente como “Juzão” nas redes sociais, emocionou seus seguidores ao compartilhar a triste despedida de “cãopanheiro” de vida, Sushi, de 14 anos. O cãozinho, da raça “west highland white terrier”, faleceu na última quinta-feira (4) após ter uma parada cardiorespiratória.

Pelo Twitter, Juzão resolveu compartilhar uma cartinha que recebeu no hospital veterinário no dia que foi informada sobre a perda. Na mensagem, o animalzinho narra à tutora como foi divertido o “primeiro dia no céu”.

“Cantei, corri, brinquei e pulei aqui no céu. Tinha tanta comida que comi, comi e até engordei. Dormi que achei que estava até sonhando. Sonhei com o céu azul, nuvens brancas e lindas… sonhei com vários amigos que não via há muito tempo. Quando acordei percebi que não era um sonho e fiquei muito feliz, mas estava faltando a pessoa mais importante: você”, diz um trecho da carta.

Em conversa com o BHAZ, a publicitária conta que adotou o cãozinho em 2009, quando ele tinha apenas 40 dias de vida. “Eu tenho ele desde que eu tinha 19 anos, ele acompanhou toda a minha jornada do final da adolescência até a minha fase de jovem adulta”, disse ela.

Despedida

Assim que recebeu uma ligação da veterinária responsável pelo Sushi, na última quinta-feira, Juzão conta que já se preparou para se despedir do amigo. Ao chegar no hospital, ela foi recebida com acolhimento e sensibilidade pela profissional, que a informou do falecimento.

“Ela me chamou em uma salinha, me explicou que não teve sofrimento, nem dor, nem nada. Me levou para despedir do corpinho dele e me entregou essa cartinha, com a patinha dele carimbada e um do tufinho de pêlo”, lembra ela.

Para que a família também tivesse a chance de se despedir do cãozinho, Juzão reuniu forças para organizar um velório para o companheiro de longa data. Ele foi velado em meio a várias flores e rodeado pelas pessoas que fizeram parte de sua vida.

“A gente conseguiu rezar, se despedir e hoje eles também abriram uma chamada no WhatsApp pra gente dar um último ‘tchau’ antes da cremação. Escolhemos uma urna bem bonitinha com umas velas e também comprei alguns relicários pra fazer alguns presentinhos para alguns familiares que conviveram com a gente”, conta Juzão.

Apoio

Na mesma semana em que Sushi foi internado, a jovem recebeu a notícia de que seu namorado deu entrada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) após sofrer um mal súbito. Com parte da família morando em outro estado, Juzão acabou tendo que lidar com quase tudo sozinha.

“Eu não tenho me recuperado, para ser bem sincera, porque acabou calhando de nessa mesma semana o meu namorado ter sido internado na UTI. Então a visita do Sushi era 11h e depois corria para o outro lado da cidade para visitar às 14h meu namorado. Por eu estar cuidando de tudo sozinha acabei ficando com um peso muito grande mental e de trabalho”, lamenta.

O apoio dos amigos próximos também tem sido fundamental para que ela consiga se reerguer diante deste momento tão delicado. “Muitos amigos me mandaram mensagens e vários me ajudaram sem perguntar. Alguns mandaram marmita aqui pra casa, docinhos, me acompanharam. Isso fez toda a diferença”, conta a jovem.

Edição: Roberth Costa
Larissa Reis[email protected]

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog. Também participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2022.

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!