Pastor se pronuncia e recebe apoio de pais de criança abraçada por ele

pastor andré vitor
Em vídeo publicado na tarde desta segunda-feira (26), o pastor André Vitor explica o contato que ele teve com a menina (Reprodução/@andrevitor7/Instagram)

Depois de ser questionado por abraçar uma criança por trás, em imagens publicadas pelo cantor Wesley Safadão, o pastor André Vitor decidiu se pronunciar. Em vídeo publicado em seu Instagram na tarde desta segunda-feira (26), o religioso esclarece os motivos pelos quais ele teria tido um contato mais próximo com a menina.

“Hoje eu acordei com a notícia revoltante, absurda, indigna, que me embrulhou o estômago e quase fez com que eu vomitasse na tela diante das inverdades descabidas que eu li”, começou. “Uma quase sobrinha minha, que é filha dos meus amigos preciosos – que inclusive estão comigo aqui agora – ela recebeu um abraço meu como está acostumada a receber de todos nós. Ela se sente protegida, amada”, disse em sequência.

No vídeo que circulou nas redes sociais, André Vitor aparece puxando a camiseta para baixo, depois de tentar abraçar uma menina, que estava de biquíni. Os usuários das redes sociais acreditam que o pastor estaria tentando esconder uma suposta excitação sexual após tocar a criança (veja aqui).

‘Só os maldosos’

Em seu esclarecimento, o religioso explica o porquê a menina parece tê-lo empurrado após o abraço. Segundo ele, ela saiu correndo para comemorar uma brincadeira de “torta na cara” que o Wesley Safadão estava fazendo. Ele também tenta esclarecer porque abaixou sua camiseta.

“Ela se afasta e eu puxo a minha camisa porque eu travo uma luta contra a balança e em muitos momentos me sinto desconfortável com o meu peso”, explica o pastor. “Só os maldosos e que tem o demônio nos olhos viram”, desabafa, por fim.

No mesmo vídeo, Bruno e Rebeca Bastos, pais da criança, também se manifestam em defesa do religioso. “Quando a gente vê essas coisas acontecendo a gente estranha, porque é uma coisa cotidiana nossa. O abraço à um filho meu, uma filha, é um negócio que está no nosso dia a dia (…) o mais chato é expor a nossa filha em uma situação dessas”, disse Bruno.

A mãe da menina se indigna contra as acusações que o amigo sofreu. “Eu acho isso um absurdo, eu acho isso inaceitável. Porque o André é de dentro da nossa casa, o André é nosso irmão. Toda essa situação que aconteceu no vídeo, nós estávamos lá, nós estávamos brincando e pessoas maldosas tiram coisas de onde não existe”.

Veja:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por André Vitor (@andrevitor7)

Artistas defendem religioso

Pelos comentários, diversos artistas se manifestaram em apoio ao pastor André Vitor. “Meu amigo, dias de luta. Deus é o único juiz deste mundo. Ele te conhece”, escreveu a influenciadora Bella Falconi. “Te amo Dedé”, declarou a cantora sertaneja Simone, da dupla Simone e Simaria.

Dona Bil, mãe do cantor Wesley Safadão, também aproveitou o espaço para deixar um recado ao religioso. “Isso André. Deus existe Irmão. Parabenizo também a Rebeca e ao Bruno pela a força a nosso irmão. Deus abençoe”, disse.

Safadão se pronuncia

Após a repercussão das acusações ao longo da tarde de ontem e da manhã de hoje, Wesley Safadão se pronunciou sobre o caso nas redes sociais. O cantor defendeu o amigo, que, segundo ele, é a pessoa que mais o ajudou na vida, e disse que “a internet está doente” (veja aqui).

“É uma pessoa que só edifica minha vida, minha casa, me aproxima de Deus. Estou falando do André Vitor, uma pessoa que tenho como um irmão, que tem total confiança minha, da minha esposa, da minha família, do nosso círculo de amizade. Realmente é uma grande injustiça o que estão fazendo com isso”, diz o artista em vídeo publicado nos stories.

O cantor ainda publicou quatro fotos em que o pastor aparece puxando a camiseta para baixo, reforçando que ele tem um “complexo de mostrar a barriga”.

Edição: Roberth Costa
Larissa Reis
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários