Tati Quebra Barraco diz ter visto tatuagem íntima de Anitta e revela frase escolhida pela cantora

tati quebra barraco
O assunto foi pauta de uma conversa entre a funkeira e o cantor MC Gui, no reality A Fazenda (Reprodução/@tatiquebrabarracooficial/Instagram)

A 13ª edição do reality A Fazenda, da Record, começou há apenas três dias, mas já está entregando entretenimento. Durante conversa na tarde de hoje (17), alguns peões falaram sobre a tatuagem íntima da cantora Anitta, que causou burburinho nas redes em mais de uma ocasião, e até mesmo o conteúdo dela foi revelado. Tudo começa quando o funkeiro MC Gui, um dos participantes do programa, ficou curioso pra saber o teor da tatuagem.

“O quê que uma pessoa iria fazer na porta do ânus? Só pode ser algo relacionado a sexo”, diz o MC. “É ‘cospe antes de botar’, alguma coisa assim”, revelou a funkeira Tati Quebra Barraco.

A participante Solange Gomes então questionou como a Tati sabe da informação. “Tem o vídeo dela fazendo, mas não mostraram o que ela tatuou”, disse. A funkeira, então, dispara: “Quê isso, então você não viu o c* dela, porque eu vi e todo mundo viu”.

Em meio às risadas dos participantes, Tati ainda compartilha sua experiência de ter visto a tatuagem. “Quando eu vi achei que era o meu umbigo”, disse mostrando uma tatuagem que tem na barriga. Veja:

Vídeo de tatuagem íntima foi vazado

Em fevereiro deste ano, um vídeo em que a cantora aparece fazendo a tatuagem viralizou nas redes sociais. Inicialmente, as imagens foram parar no Twitter. Nelas é possível ver Anitta gritando de dor e um amigo dela a imitando em uma dancinha no chão.

Não demorou para que internautas demonstrassem interesse em descobrir o desenho feito pela poderosa, além da continuação das imagens. Com todo o burburinho a respeito da tatuagem íntima, Anitta explicou que a tattoo é antiga e que, inclusive, já precisou retocá-la.

“Inclusive, o vídeo é tão antigo que eu tive que retocar. Então, para quem fizer tatuagens nesses locais, saiba que ela desbota. Tem que ficar retocando”, disse a artista, antes de avisar: “Mas quem quiser saber a história toda precisa pagar”.

Edição: Giovanna Fávero
Larissa Reis
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários