Procura-se Bidu! Cãozinho é levado do portão de casa na Pampulha e família pede ajuda para encontrá-lo

Bidu sendo levado
Cãozinho estava com coleira de identificação (Gabriela Ramalho/Arquivo Pessoal)

Uma família de Belo Horizonte se mobiliza em busca de informações sobre o paradeiro de um cãozinho chamado Bidu. Ele fugiu de casa nesse domingo (24) e foi levado da porta da residência, no bairro Santa Mônica, região da Pampulha, por um desconhecido. O momento foi registrado por câmeras de segurança do entorno. Mesmo com Bidu usando uma coleira de identificação, que tem o telefone de um responsável, a família ainda não recebeu notícias dele. Diante disso, faz um apelo para que o cãozinho seja devolvido.

Gabriela Ramalho conta ao BHAZ que a família estava em casa ontem e acredita que o portão do local tenha ficado aberto. Segundo explica, Bidu pode ter saído sem que ninguém visse. “Como ele é mais idoso, não costuma fazer muito barulho, então a gente achou que ele estava quietinho, debaixo da cama, algo assim”, relata uma das tutoras do animal.

A advogada conta que quando a família notou o sumiço de Bidu, mais tarde no domingo, várias pessoas saíram para fazer buscas na região e já não encontraram mais o animal pelas redondezas.

Câmeras flagram Bidu sendo levado

Sem sucesso em encontrar o cão, ainda acreditando que Bidu estava perdido, a família se lembrou de olhar as filmagens da câmera de uma câmera vigilância hoje (25). A filmagem mostra que depois de fugir de casa Bidu voltou para a frente do portão do local. Segundo Gabriela, o cãozinho não latiu e eles não o viram lá.

As imagens mostram que Bidu ficou no portão até que um homem passou de bicicleta, acompanhado de duas crianças. “A gente vê que passaram tentando chamar a atenção dele e ele estava assustado, se encolheu de medo. Mesmo assim, a menina consegue pegar ele e leva para mostrar para o homem na bicicleta”, relata Gabriela. No vídeo, é possível ver que o homem faz carinho em Bidu, o pega e sai andando na bicicleta.

A advogada afirma que Bidu estava com a coleira de identificação no momento em que ele foi levado. No acessório, está o telefone de um dos tutores do animal. Fotos de Bidu no dia do sumiço mostram ele de coleira. Ainda assim, a família não recebeu informações sobre o paradeiro do cachorro e persiste nas buscas.

Família desolada

Desde o sumiço, a família de Bidu está desolada e se sente culpada pelo desaparecimento dele. “Ele vai fazer 11 anos e está com a gente desde que tinha 3 meses. Sempre nos acompanhou em viagens, está para todo lado com a gente, é companheiro de todos da casa, muito dócil. Está sendo horrível”, disse Gabriela.

“Foi uma surpresa não termos visto que ele fugiu, está todo mundo se sentindo extremamente culpado por ter reparado tão tarde. Minha mãe está desolada, eu e minha irmã estamos acabadas, meu pai continua procurando nas redondezas”, desabafa a advogada.

Gabriela explica que a família se preocupa com o fato de Bidu ser um cão mais idoso, que sofre de ansiedade. O animal também está fazendo um tratamento para otite e precisa tomar um medicamento. “Nós não estamos acusando ninguém de furto, roubo ou más intenções. O Bidu estava na rua. Nós só queremos que a pessoa tenha a boa vontade de devolvê-lo, já que ele tem dono”, conclui.

Vamos ajudar?

Bidu é um poodle macho de pequeno porte e pelo ondulado. Ele sumiu no domingo (24), no bairro Santa Mônica, na Pampulha. Quem tiver informações sobre o animal, pode enviar para umas das irmãs responsáveis pelo cãozinho. O telefone de Isabela é (31) 98493-1517 e o de Gabriela é (31) 98331-6136.

Bidu está desaparecido desde o domingo, quando foi levado da porta de casa na Pampulha
(Arquivo pessoal/Gabriela Ramalho)

Edição: Roberth Costa
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários