Home TV BHAZ Paródia de Faroeste Caboclo conta biografia de Eike Batista; veja o vídeo

Paródia de Faroeste Caboclo conta biografia de Eike Batista; veja o vídeo

A última semana se tornou marcante na vida de Eike Batista. Tão marcante que inspirou uma paródia publicada neste domingo (5) no canal do Bhaz no YouTube. Com muito dinamismo e trocadilhos, o vídeo conta em oito minutos um resumo da trajetória do homem que já foi considerado o mais rico do Brasil e hoje amarga a dura rotina de uma prisão.

No último dia 30, Eike desembarcou no Rio de Janeiro – após uma rápida viagem a Nova Iorque – e seguiu direto para a penitenciária Bandeira Stampa (Bangu 9), no complexo de Gericinó. O empresário é acusado de pagar propinas ao ex-governador Sérgio Cabral para se beneficiar em contratos na administração estadual.

O enredo que levou Eike para a prisão ganhou um ritmo: a música Faroeste Caboclo, do Legião Urbana. Confira agora um resumo da biografia do milionário em formato de clipe. Veja o vídeo:

Produção: Portal Bhaz
Letra: Pedro Guadalupe e João Basílio

Letra da música:

Não tinha medo esse tal Eike Batista
Era o que todos diziam quando ele apareceu
É brasileiro, nascido em Valadares
Mas em vez de ir pros States, foi pra solo europeu

A sua mãe era alemã e foi exemplo
de autoestima e disciplina, disse em um livro seu
E o seu pai era um famoso presidente
da Vale do Rio Doce, liderança ele aprendeu

Com seus 18 ele vendia seguros
ralando de porta em porta, sempre a negociar
Sua família retornou para o Brasil
Mas o Eike lá ficou pra engenharia estudar

Ele queria na verdade trabalhar
Pra faculdade ele não voltou mais não
Pegou dinheiro emprestado pra tentar
Novo projeto com uma grande ambição

Foi pra Amazônia pra comprar e vender ouro
21 anos de idade, ele já enriqueceu
Foram ao todo mais de 6 milhões de dólares
Que essa empreitada na floresta lhe rendeu

Ele entendia como tudo funcionava
Quanto mais investimento, maior a produção
Gastou dinheiro investindo em maquinário
E agora faturava por mês mais de milhão

E de mil novecentos e oitenta
Até os anos dois mil, muito ouro extraiu
Com oito minas em operação
Canadá, Brasil e Chile, o sucesso conseguiu

Dizia ele: “Vou vender as minhas minas
pra ter mais grana e poder aplicar
Sou criativo, tenho grandes planos
Essa fortuna eu vou multiplicar”

Não demorou, recebeu uma proposta
agora com o negócio tinha 1 bilhão
Ele ficou muito empolgado com o futuro
E no minério de ferro concentrou sua atenção

Meu Deus, eu amo essa vida!
Virei o símbolo de sucesso da nação
Além de ser casado com uma mulher linda
Era a Luma de coleira sua ostentação

E a carreira ia na velocidade
da Ferrari e da lancha do feroz investidor
Sua mineradora MMX
com um ano aumentou demais o seu valor

Mineração é um ótimo negócio
E já que posso, vou segmentar
Eu vou criar pra mim uma cadeia
que se sustente, e mais eu vou lucrar

O ponto-chave do projeto era o petróleo
O negócio do momento, não tem jeito de falhar
Muitas promessas, muito lobby e propina
Para autorizações e licenças arrumar

Mas ele não queria mais conversa
E decidiu que era a hora, ele tinha que arriscar
Elaborou mais uma vez um powerpoint
E levou o seu projeto pra na bolsa ofertar

Logo, logo, todas as celebridades
Souberam da novidade
Nova Forbes vem aí
Eike Batista apareceu na lista
ultrapassando muitos bilionários dali

Fez amigos, com políticos brindava
Dava festa no iate, com seu filho a tocar
Mas de repente
Sob a má influência de uma crise estrangeira
viu a sorte mudar

Já em 2008 ele dançou
E uma queda monstruosa teve que amargar
Pro mercado um recado ele mandou
Vocês vão ver o X multiplicar!

O Eike cada vez era mais visto
Bem vestido e convencido, na coluna social
Era o exemplo de empresário destemido
Com ajuda do Governo, se mantinha o maioral

Foi quando novamente ele fez
uma rodada de ofertas na Bovespa e não foi mal
Aos acionistas Eike prometia
até um trilhão de dólares de potencial

Ele dizia: “Nós vamos explorar
Todo o pré-sal para um gigante ser
Um relatório aponta que tem lá
Petróleo para o mundo abastecer”

O tempo passa e um dia vem à tona
Uma nova estimativa após perfuração
A reserva de petróleo encontrada
Era menos de um quarto, não fechava a equação

O seu fiasco foi capa de jornal
A promessa fracassada de exploração
E até então nenhuma gota de petróleo
tinha sido extraída, que decepção

E cada vez ele ficava mais em casa
Junto com seus cães de guarda e um carro de estimação
A todo tempo tinha um ódio no olhar
com quem lhe disse: “Você é um grande charlatão”

Você vendeu pra todo mundo uma ilusão
Você vendeu pra todo mundo uma ilusão
o seu castelo está em demolição
até o seu cabelo é enganação

E quanto a desgraça tá por perto
Nada fica tão ruim que não possa piorar
Seu primogênito um dia atropelou
Um ciclista que morreu, nem parou pra ajudar

Eike Batista não perdia a fé contudo
e dizia que em breve tudo ia melhorar
Mas as empresas muito pouco produziam
e as dívidas enormes a se acumular

A sua grande amizade com políticos
ainda era uma mina a se explorar
Sérgio Cabral era governador do Rio
e a Copa era uma chance dele golear

Mas a disputa que a gente viu depois
foi com a Justiça sempre a se aproximar
A Lamborghini e a Ferrari ele perdeu
Quando o juiz achou prudente confiscar

O Eike então queimou suas ações
E as participações nas empresas que criou
Vendeu a preço de banana o que podia
Para a turma da Arábia que tudo comprou

Mas Eike não jogou a toalha
pra 2017 ele planejou
lançar a sua pasta de dente
pra você sorrir igual ao empreendedor

Eike Batista não sabia o que fazer
Quando viu o repórter da televisão
Dizendo que Sérgio Cabral foi pra DP
Por praticar atos de corrupção

Na quinta, por volta das sete horas
A PF sem demora, um mandado foi cumprir
Porem não acharam Eike em casa
Ele estava viajando, se mandou dali

A imprensa com sangue na garganta
Começou a especular que ele estava a fugir
Já que tem dupla-cidadania,
Se fosse pra alemanha, nada iria o atingir

E se lembrou de quando era uma criança
E de tudo que vivera até ali
E decidiu entrar de vez naquela dança
Se a via-crúcis virou circo, estou aqui

Então seu advogado
disse que Eike Batista ia obedecer
se era justo, ele ia ver depois
o importante é a calma manter

Embarcou em Nova York e no Rio a polícia
fui buscá-lo lá no Galeão
se entregou e teve a cabeça raspada
e agora o grande medo é a tal da delação

Eike Batista está marcado como um homem
que foi intenso na alegria e na dor
Sua coragem e ambição tiveram preço
De uma altura muito grande despencou

O povo declarava que com todos os seus erros
Todos tinham que reconhecer
Que o Eike era movido a ousadia, e o gosto da vitória
ele não ia perder

Eike Batista era mesmo tudo ou nada
De um império pra cadeia onde vai sofrer
Pois nem direito a ter cela especial
ele vai ter, a faculdade ele não quis… fazer

Comentários

Carregar mais em TV BHAZ