Home Notícias Brasil Chantagem com ‘nude’ termina em morte; PM reformado mandou assassinar biólogo

Chantagem com ‘nude’ termina em morte; PM reformado mandou assassinar biólogo

Moradores de Espigão do Oeste, em Rondônia, repercutem desde a última semana um crime que chocou a cidade. O ex-secretário de Saúde do município foi preso na sexta-feira (4) apontado como o responsável por mandar matar um homem com quem manteve um relacionamento extraconjugal. Eduardo Bezerra da Cruz teria sido chantageado com fotos íntimas e por isso contratou um matador de aluguel para acabar com a vida do biólogo que tinha nudes dele. Cruz é casado e policial militar reformado. As informações são do UOL.

O biólogo, de 32 anos, não teria aceitado o fim do relacionamento entre ele o ex-secretário, passando a ameaçá-lo. Ao ser detido, Cruz negou ter contratado o matador de aluguel. No entanto, o atirador foi detido na cidade de Cacoal e disse que a vítima foi atraída para um matagal pelo PM, que o contratou. No local, ele disparou contra o biólogo duas vezes e fugiu em seguida.

O homem foi para um hotel, que também teria sido pago pelo ex-secretário. Imagens de câmeras de segurança mostra o executor e Cruz juntos. Além disso, a polícia ainda tem o recibo da diária do hotel como prova. Cruz esta em um quartel em Porto Velho. Ele pediu para ser exonerado do cargo na prefeitura na quinta-feira (3), dois dias depois da morte do biólogo. O atirador, por sua vez, será detido em Espigão do Oeste.

Comentários

Carregar mais em Brasil