Home Carnaval 2018 Assessora do Baianeiros ‘roda a baiana’ com o Bhaz: ‘vídeo sensacionalista’

Assessora do Baianeiros ‘roda a baiana’ com o Bhaz: ‘vídeo sensacionalista’

Continua repercutindo nas redes sociais a quase tragédia que aconteceu no bloco Baianeiros, na tarde deste domingo (11). Após matéria do Bhaz mostrar um técnico sendo resgatado por colegas ao ficar com o pescoço preso na fiação, internautas questionaram a organização do bloco que, segundo eles, colocou a segurança das pessoas em risco ao passar com o trio próximo aos cabos de energia.

“Me desculpem, mas rolou falta de atenção dos organizadores. Imagino que com este episódio, e outros que aconteceram, os próximos devem atentar a esta questão. Quando eu digo que os organizadores devem ficar atentos é porque são eles os primeiros atingidos”, escreveu uma internauta. Eles defendem a fiação subterrânea como uma forma de encerrar de vez a possibilidade de o trio elétrico esbarrar na fiação, colocando em risco a vida das pessoas.

BHTrans informou ao Bhaz que o itinerário do trio foi inspecionado com antecedência e que foi identificado, em determinado ponto, a presença de um redutor de velocidade (quebra mola). Neste local, de acordo com o órgão, o trio encostaria na fiação. Foi constatado que tratava-se de um fio de baixa tensão.

Apesar disso, a BHTrans afirma que sugeriu a alteração do itinerário. A organização do bloco contratou técnicos para viabilizar o levantamento dos cabos e a passagem do trio.

A assessora do Baianeiros, Karina Vianello, desmentiu a versão apresentada pela empresa. Ela também questionou o trabalho do Bhaz, alegando que o vídeo do técnico tendo o pescoço enrolado pelos fios foi “sensacionalista” e que foi feito “para chamar a atenção”. “Achei ridículo o que vocês fizeram. Vai para o Carnaval de Salvador; veja como funciona cada trio e depois venha conversar comigo”, afirmou a assessora.

No site da BHTrans é informado que o bloco não tinha permissão para transitar pelas ruas do bairro Castelo, pois deveria permanecer parado. A assessoria dos Baianeiros foi contactada e afirmou que o bloco tinha autorização da empresa para transitar pelas ruas do bairro.

(Reprodução/BHTrans)

 

Comentários

Carregar mais em Carnaval 2018