Home Notícias Internacional Papa Francisco diz que juízes devem ser ‘isentos’ e usuários relacionam mensagem a Moro

Papa Francisco diz que juízes devem ser ‘isentos’ e usuários relacionam mensagem a Moro

O papa Francisco publicou um vídeo em suas redes sociais, nesta quinta-feira (4), onde destaca a importância da independência dos juízes. O pontífice ressalta que os magistrados não podem negociar a verdade e que devem “seguir o exemplo de Jesus”.

“Dos juízes dependem decisões que influenciam os direitos e os bens das pessoas. Sua independência deve ajudá-los a serem isentos de favoritismos e de pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar”, fala o papa argentino em um dos trechos do vídeo.

Durante a fala é apresentada uma espécie de julgamento, onde uma das partes apresenta um prédio em um resort e o outro uma casa simples.

“Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus que nunca negocia a verdade. Rezemos para que todos aqueles que administram a Justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra”, conclui.

Internautas comentam que a publicação seria um “recado” do papa sobre as mensagens divulgadas pelo site “The Intercept Brasil”, onde o então juiz Sergio Moro, agora ministro da Justiça e Segurança Pública, conversa com o procurador Deltan Dallagnol.

Nos comentários do Twitter, as pessoas se dividem entre apoio e rejeição à publicação do pontífice.

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Comentários