Home NotíciasBrasilApós atacar Carnaval, Bolsonaro exalta folia ao ser homenageado em Olinda e SC: ‘Obrigado pela consideração’

Após atacar Carnaval, Bolsonaro exalta folia ao ser homenageado em Olinda e SC: ‘Obrigado pela consideração’

Bolsonaro e Mora representados nos bonecos de Olinda

Ao contrário do ano passado, quando atacou o Carnaval (leia mais abaixo), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu enaltecer a folia brasileira em dois pontos no país onde foi homenageado. O tradicional Carnaval de Olinda (PE), com seus bonecos gigantes, decidiu fazer representações em tamanho enorme do mandatário do país e do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Além da caracterização em bonecos, o presidente da República agradeceu, pelas redes sociais, outra manifestação de apoio recebida: a de um bloco carnavalesco. O bloco Aliança pelo Brasil, que leva o nome do partido político que Bolsonaro tenta criar, teve o cortejo em Balneário Camboriú (SC).

Ao som de Sorte Grande, de Ivete Sangalo, e popularmente conhecido como Poeira, os apoiadores de Bolsonaro aproveitaram a folia no Estado da região Sul do país.

‘Mandei representante’

O atual ministro da Justiça e Segurança Pública e ex-juiz federal, Sergio Moro, recorreu ao perfil no Twitter para agradecer o boneco de Olinda feito para ele. Moro postou: “Não consegui ir ao Carnaval de Olinda, mandei representante. Bom Carnaval a todos os foliões”, postou.

Além de Moro e Bolsonaro, o vice-presidente general Hamilton Mourão foi outro político lembrado pelos bonecos gigantes.

Bolsonaro vs. Carnaval

No ano passado, no entanto, Jair Bolsonaro usou o Twitter para publicar um vídeo obsceno e criticar o Carnaval brasileiro. As imagens, na postagem já apagada, mostravam dois homens tocando suas partes íntimas e, em um dado momento, um deles urina na cabeça do outro.

“Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro. Comentem e tirem suas conslusões (sic)”, escreveu Bolsonaro na postagem.

+ Bolsonaro publica vídeo obsceno em crítica ao Carnaval e internautas pedem seu impeachment

Em outra publicação, o presidente perguntou, ironicamente, “o que é golden shower”, em alusão à prática sexual de urinar no parceiro ou parceira ou receber urina.

Pelo Twitter, diversos usuários levantaram hashtags pedindo o impeachment do presidente. O argumento é que o presidente quebrou o decoro do cargo, amparado pela Lei 1.079 da Constituição Federal, que diz: “proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo”. 

No Carnaval de 2019, Bolsonaro também foi alvo de manifestos e críticas em blocos pelo país. No Então, Brilha! uma multidão entoou, em coro, o grito: “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*!” e manifestações contra a Reforma da Previdência também foram destaque em meio ao cortejo.

+ VÍDEO: Multidão faz coro contra Bolsonaro no ‘Então, Brilha’

Comentários