Home NotíciasCoronavírusLula sugere renúncia de Bolsonaro após discurso sobre coronavírus: ‘Brincando com a vida de milhões’

Lula sugere renúncia de Bolsonaro após discurso sobre coronavírus: ‘Brincando com a vida de milhões’

Lula críticas bolsonaro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disparou críticas contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), por conta da postura do mandatário diante do avanço do novo coronavírus no país. Lula sugeriu que Bolsonaro deixe o cargo ou sofra um processo de impeachment.

+ Bolsonaro contraria órgãos de saúde, ataca medidas contra Covid-19 e é duramente criticado

As declarações de Lula foram dadas durante conversa com o ex-presidenciável Fernando Haddad (PT), transmitida ao vivo em rede social na noite dessa quarta-feira (25).

“Acho que estamos em uma situação complicada porque acho que o Bolsonaro não tem estatura psicológica para continuar governando o Brasil. Ou este cidadão renuncia ou se faz o impeachment dele, ou alguma coisa. Porque não é possível que alguém seja tão irresponsável de brincar com a vida de milhões de pessoas como ele está brincando”, disparou Lula.

Uma das críticas de Lula foi direcionada ao contestado pronunciamento de Bolsonaro em rede nacional dado na última terça (24), quando o presidente minimizou a doença que já matou cerca de 19 mil pessoas em todo o mundo e pediu o fim do confinamento da população. A posição de Bolsonaro foi criticada por órgãos de saúde e especialistas.

+ Governo ignora Covid-19 e faz campanha para pessoas voltarem às ruas; especialista fala em desastre

Ainda na noite de ontem, após a entrevista com Haddad, Lula também fez postagens em seu Twitter com novas críticas direcionadas a Bolsonaro. “O Bolsonaro não está preparado para tocar esse país. Um presidente não é obrigado a saber de tudo, mas, quando você não sabe, você consulta a sociedade, os especialistas, os governadores. Coisa que em nenhum momento ele fez”, escreveu.

Rafael D'Oliveira

Rafael D'Oliveira

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.

Comentários