Neto de Neguinho da Beija-Flor é morto em baile funk; escola de samba lamenta

Neguinho da Beija Flor
A diretoria da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis divulgou nota na noite de ontem (Reprodução/@neguinhodabeijafloroficial/Instagram)

A diretoria da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis divulgou nota na noite deste domingo (18) para lamentar a morte do jovem Gabriel Marcondes, 20, assassinado a tiros na madrugada em um baile funk em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Ele e outros dois homens foram baleados durante baile no Morro da Bacia, no distrito de Miguel Couto. Gabriel chegou a ser levado para um hospital da região, mas não resistiu. O jovem era neto de Neguinho da Beija-Flor, intérprete oficial da escola de samba desde 1976. Segundo a nota divulgada pela Beija-Flor, além da diretoria, artistas, funcionários, componentes e torcedores prestam solidariedade ao artista.

“Como uma escola de samba que age coletivamente como uma família, a azul e branco acolhe com carinho o músico e aqueles que, como Neguinho, vivenciam o luto e a dor dessa despedida inesperada e prematura”, diz a nota. Além disso, a agremiação diz esperar que o crime seja investigado e deseja dias melhores para os moradores da Baixada Fluminense.
“Carinho e respeito ao dono da nossa voz oficial e aos seus”, finaliza. Gabriel será sepultado nesta segunda-feira (19) no Cemitério Municipal de Nova Iguaçu.

Folhapress
Folhapress

A Folhapress é a agência de notícias do Grupo Folha, uma das mais tradicionais do país. Comercializa e distribui diariamente fotos, textos, colunas, ilustrações e infográficos.

Comentários