Carlos Alberto de Nóbrega revela mágoa da mineira Gorete Milagres e a classifica como ‘pior colega’

nóbrega e gorete
Pelo Instagram, a atriz disse nunca ter brigado com o humorista (Reprodução/@calbertonobrega + @goretemilagres/Instagram)

O ator e humorista Carlos Alberto de Nóbrega compartilhou nesta semana algumas mágoas que guarda da ex-colega de A Praça É Nossa, Gorete Milagres, intérprete da personagem Filomena. Durante um bate-papo no podcast de Rafinha Bastos “Mais que 8 minutos”, na quarta-feira (28), Nóbrega é questionado sobre “quem foi o pior e o melhor comediante” com quem ele trabalhou.

“O melhor foi o [Ronald] Golias, em todos os sentidos. A pior foi a Gorete (…) ela se deslumbrou, e eu é que a trouxe [ao programa]. Eu nunca falei isso”, disse. Durante a conversa, ele conta que quando a atriz mineira recebeu uma proposta para ir para Os Trapalhões, da TV Globo, ele a alertou sobre a mudança de emissora.

No entanto, Nóbrega diz ter sido surpreendido negativamente pela atriz, que teria dito ao Silvio Santos que só ficaria na emissora se não participasse mais do A Praça É Nossa. “Fiquei sabendo que o Silvio [Santos] tinha ido à casa dela, feito uma proposta milionária para ela continuar no SBT. Uma das cláusulas que ela exigiu [para ficar] era não fazer a Praça, ela se negou a fazer”, afirmou Nóbrega.

Assista abaixo:

‘Sofri muitos abusos na TV’

Pelo Instagram, a atriz disse nunca ter brigado com o humorista, pelo contrário. Ela rebate os comentários feitos por ele compartilhando um pouco de todos os bons momentos que viveram juntos.

“Nunca briguei com este senhor e não sei de onde ele tira tanta raiva. Eu nunca coloquei em contrato que não queria voltar para a Praça, e isto posso provar. Das duas vezes que ia para a Globo, voltei pra praça e fui muito [bem] recebida por ele (…) mesmo ele falando mal de mim nos programas sensacionalistas, ganhei um prêmio, ele estava presente e dediquei a ele”, disse.

A atriz mineira conta, ainda, que recebeu um convite do filho de Nóbrega para retornar ao programa, mas que não sabe se seria bem aceita pelo comediante. “Recentemente o Marcelo de Nóbrega me chamou pra praça e eu perguntei se o pai dele concordava, pois de 6 em 6 meses ele fala mal de mim”.

Por fim, Gorete diz não entender o motivo de tanto “ódio” por parte de Nóbrega. “Eu disse ao Marcelo que voltaria se o pai concordasse e fiz isto numa tentativa de fazer este homem parar de me odiar simplesmente pq o Silvio foi na minha casa, pq o Silvio me valorizou e também por eu ter sido uma campeã de audiência? Eu sofri muitos abusos dentro da TV”, relata.

Edição: Roberth Costa
Larissa Reis
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários