Saiba como o Ford Bronco Sport se saiu em nossa avaliação

Andamos na única versão do utilitário-esportivo Bronco que a Ford está importando do México: a Sport Wildtrak, que é equipada com motor 2.0, com turbo e injeção direta de gasolina, que gera 240cv de potência; câmbio automático de oito velocidades e tração 4×4. Entre os principais pontos positivos, estão a desenvoltura para encarar trechos difíceis no fora-de-estrada, o bom desempenho no asfalto, incluindo performance e consumo; e o pacote tecnológico de itens de conforto e segurança. Por outro lado, o preço é um pouco salgado, se equiparando a utilitários-esportivos mais sofisticados, o espaço interno é um pouco limitado e a visibilidade dianteira não é das melhores.  

Foto: Eduardo Aquino

A história do Ford Bronco ficou marcada principalmente por ser o carro onde estava o ex-jogador de futebol americano e ator, O. J. Simpson, que foi perseguido por viaturas da polícia pelas ruas de Los Angeles no dia 13 de junho de 1994.

Acusado de assassinar a ex-esposa e um amigo dela, Simpson estava no banco de trás do veículo com uma arma apontada para a própria cabeça enquanto um amigo dirigia o veículo durante a perseguição transmitida ao vivo para o mundo inteiro.

Cinco gerações

Dois anos depois, em 1996, o Bronco saiu de linha nos Estados Unidos para voltar a ser produzido no ano passado. Na época, o modelo estava comemorando trinta anos de produção, passando por cinco gerações entre 1966 e 1996.

Leia mais: O novo Jeep Commander

Foto: Eduardo Aquino

A importação do modelo marca o ressurgimento da Ford no Brasil, pois foi o primeiro lançamento da montadora depois do anúncio, em janeiro deste ano, do fechamento de suas fábricas por aqui, passando a ser apenas importadora.

Concorrente

Por fora, as linhas do Bronco lembram um pouco as de um modelo da Land Rover. Aliás, a Ford afirma que o principal concorrente do seu utilitário-esportivo no Brasil é o Land Rover Discovery Sport, embora esse seja mais caro, maior e mais sofisticado.

Na frente, destaque para a grade, que serve de moldura para abrigar o nome Bronco estampado no centro e os faróis estilizados; e o capô elevado, que deixa a frente mais quadrada e prejudica um pouco a visibilidade dianteira.

Leia mais: Teste da Ranger Black

Foto: Eduardo Aquino

De perfil, o teto e as colunas pintadas na cor preta dão um toque sofisticado, as coberturas plásticas nos para-lamas e nas soleiras ressaltam o lado aventureiro e o desenho das rodas de 17 polegadas reforça a pegada esportiva do Bronco.

Lanternas em LED

Na traseira, o bonito desenho das lanternas em LED são um capítulo à parte. Destaques também para a tampa do porta-malas, com abertura independente do vidro; e para o para-choque, cujo desenho contribui para o bom ângulo de saída do Bronco.

Por dentro, o ambiente do Bronco remete a aventuras, incluindo revestimento emborrachado no painel, nas portas, no assoalho e no porta-malas. O objetivo é facilitar a limpeza após o convidativo uso no fora-de-estrada.

Leia mais: Teste do Jeep Wrangler Rubicon

Foto: Eduardo Aquino

O lado sofisticado do interior fica por revestimento em couro em dois tons dos bancos, painéis de porta e do volante, dos detalhes na cor marrom no painel e do próprio volante multifuncional com o símbolo do cavalinho no centro.

Instrumentos digitais

O quadro de instrumentos digitais proporciona boa visualização, assim como a tela de oito polegadas do sistema multimídia Sync, compatível com Apple CarPlay e Android Auto e com boa conectividade por meio do aplicativo Ford Pass.

O pacote tecnológico de conforto inclui carregamento de celular por indução, ar digital com saída para o banco traseiro, aquecimento dos bancos dianteiros e controle automático de velocidade adaptativo. Mas falta entrada USB para o banco traseiro.

Leia mais: Lançamento do Cinquecento elétrico

Foto: Eduardo Aquino

A lista de equipamentos de segurança é bem completa, com destaque para os nove airbags, assistente de frenagem autônoma com detecção de pedestre, assistente de permanência em faixa e controle eletrônico anti-capotamento.

Visibilidade

Com ajustes nos bancos e coluna de direção, a boa posição de dirigir é fácil de ser encontrada, mas a visibilidade dianteira não é das melhores. Por outro lado, para ajudar nas manobras o motorista conta com câmeras de ré e frontal.

Com turbo e injeção direta de gasolina e muita força em baixas rotações, o motor 2.0 EcoBoost proporciona um bom desempenho tanto no asfalto como fora dele. Para se ter uma ideia, a aceleração de 0 a 100km/h é feita em apenas sete segundos.

Leia mais: Teste do Nissan Kicks Sense

Foto: Eduardo Aquino

E consegue ser eficiente em acelerações e retomadas sem consumir muito. Com apenas o motorista, ar desligado, o computador de bordo do Bronco registrou médias de quase 10km/l no trânsito urbano e em torno de 13,5km/l na estrada.

Oito marchas

O câmbio automático de oito marchas aproveita bem todo o fôlego do motor, com trocas suaves. As trocas manuais podem ser feitas por meio de alavancas junto ao volante, o que torna a tocada esportiva mais prazerosa.

Foto: Eduardo Aquino

Outro destaque do Bronco é o sistema de modos de direção, que possibilita ao motorista escolher sete opções de acordo com o tipo de terreno: Normal, Eco, Escorregadio, Esportivo, Lama/Terra, Areia ou Escalada de Pedra.

Leia mais: Picape Rubicon a caminho

Além dos modos de direção, a tração 4×4, o diferencial traseiro blocante, o “piloto automático off-road”, os bons ângulos de entrada (30°) e saída (33°) e a capacidade de imersão de 600mm formam um pacote que faz do Bronco um legítimo aventureiro.

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Foto: Eduardo Aquino

Ficha Técnica

Motor – Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 2.0, 16V, turbo e injeção direta de gasolina, que gera 240cv de potência a 3.500rpm e 38kgfm de torque a 3.000rpm

Transmissão – Tração integral e câmbio automático de oito marchas

Suspensão – Dianteira, independente, do tipo McPherson; e traseira, multilink

Direção – Assistência elétrica

Dimensões – Comprimento, 4,38m; largura, 1,89m; altura, 1,81m; e entre-eixos, 2,67m

Ângulo de ataque – 30,4°

Ângulo de saída – 33,1°

Angulo de transposição de rampa – 24,4°

Capacidade de imersão – 600mm

Capacidade de reboque – 900 quilos

Freios – A disco nas quatro rodas, sendo ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Rodas e pneus – Rodas de liga de 17 polegadas, calçadas com pneus de uso misto 225/65 R17

Porta-malas – 580 litros

Tanque – 64 litros

Peso (em ordem de marcha) – 1.718 quilos

Foto: Eduardo Aquino

Principais equipamentos – Diferencial traseiro blocante, bagageiro de teto, faróis de neblina, farol alto automático, faróis full LED com luzes diurnas, gancho para reboque dianteiro, protetor de cárter, ar-condicionado digital de duas zonas com duto para os bancos traseiros, bancos parcialmente revestido em couro, bancos dianteiros aquecidos, coluna de direção com ajuste de altura e distância, sistema com sete modos de condução (normal, Eco, escorregadio, esportivo, lama/terra , areia e rock crawl), porta-óculos no teto, sistema de gerenciamento de cargas, sistema de som premium com 10 alto-falantes e subwoofer, teto Solar Elétrico, tomadas 110v e 12v, vidro traseiro com abertura independente, acendimento automático dos faróis, nove airbags (dois frontais, dois laterais dianteiros, dois laterais traseiros, dois de cortina e de joelho para motorista), alerta de colisão, assistência de Emergência, assistente de frenagem autônoma com detecção de pedestre, assistente de partida em rampa, assistente de permanência e centralização em faixa, controle automático em descidas, controle eletrônico anti-capotamento, controles eletrônicos de tração e estabilidade, sistema Isofix para fixar cadeiras infantis, sensores de chuva, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sistema de monitoramento de ponto cego, câmeras de ré e frontal, carregamento de celular por indução, sistema multimídia com conectividade via aplicativo Ford Pass e conexão Android Auto e Apple Car Play, monitoramento da pressão dos pneus, chave programável, navegador GPS, controle automático de velocidade adaptativo com Stop and Go e reconhecimento de sinais de trânsito.

Preço – R$ 264.690

Acelera Ai
Acelera Airedacao@aceleraai.com.br

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários