Saiba como anda a versão de entrada do Pulse

A versão de entrada do pequeno SUV da Fiat é equipada com motor Firefly 1.3, que gera 107cv com etanol, e câmbio manual de cinco marchas. A dupla trabalha de forma afinada e proporciona um desempenho razoável, com baixo nível de consumo e um fôlego que atende bem a proposta do carro. O Drive 1.3 é a opção mais em conta do Pulse, mas não é tão despojada. A lista de equipamentos de conforto inclui ar-condicionado automático digital, controle automático de velocidade e central multimídia com tela de 8,4 polegadas do tipo touchscreen, Apple Car Play, Android Auto e comandos de voz. Entre os itens de segurança, destaque para os quatro airbags, controles eletrônicos de tração e estabilidade e monitoramento da pressão dos pneus.

Foto: Eduardo Aquino

Na frente, que tem o capô mais alto, destaque para a grade com barras transversais que abriga o grande logo da marca; os faróis com luzes de LED e integrados aos indicadores de direção e o para-choque com tomada de ar inferior.

Roupa de aventura

De perfil, chamam a atenção as coberturas plásticas nos para-lamas e soleiras, que buscam dar um ar aventureiro ao SUV urbano; as coberturas dos retrovisores e as maçanetas das portas na cor preta; e o desenho esportivo das rodas de 16 polegadas.

Leia mais: Teste do Kwid Outsider

Foto: Eduardo Aquino

Na traseira, as lanternas em LED têm um formato parecido com as do Argo e a tampa do porta-malas tem um ressalto. Completam o conjunto o defletor de ar no teto e o para-choque na cor preta, que dá uma pitada de aventura.

Acabamento

Por dentro, o acabamento é simples, mas bem cuidado. Há um bom número de porta-objetos que atendem bem às necessidades dos ocupantes. Os bancos são forrados com tecido de toque agradável e que combinam com o nosso clima tropical.

Leia mais: Campeonato de moto-habilidade

Foto: Eduardo Aquino

O volante tem boa pega e abriga alguns comandos (áudio, computador de bordo e controle de velocidade). Para encontrar uma boa posição de dirigir, o motorista conta com ajuste de altura do banco, mas a coluna de direção regula somente em altura.

Instrumentos

De fácil visualização pelo motorista, o quadro de instrumentos tem tela de 3,5 polegadas em TFT, com informações do computador de bordo (que é bem completo) no centro, que pode ser personalizada.

Leia mais: Mercedes C200 AMG Line

Foto: Eduardo Aquino

A central multimídia que vem de série tem tela de 8,4 polegadas, touchscreen (do tipo “flutuante”), Apple Car Play e Android Auto e comandos de voz. A central com tela maior (de 10,1 polegadas) é opcional do Pack Multimídia, que custa R$ 983,00.

Espaço interno

O espaço interno tem os limites naturais de um hatch compacto, mas acomoda com certo conforto quatro adultos. A capacidade (de 370 litros) do porta-malas é boa, mas o rebatimento total do encosto traseiro limita a versatilidade do transporte de objetos.

Leia mais: Nova Nissan Frontier

Foto: Eduardo Aquino

Para conforto de motorista e passageiros, o Pulse Drive 1.3 oferece de série ar-condicionado digital, controle automático de velocidade, três entradas USB, sendo duas do tipo A e outra do tipo C; e assistente de partida em subida.

Segurança

O pacote de segurança é bom para uma versão de entrada e inclui quatro airbags, controles de tração e estabilidade, sistema Isofix para fixar cadeiras infantis, monitoramento da pressão dos pneus e sinalização de frenagem de emergência.

Leia mais: Compass Longitude T270

Foto: Eduardo Aquino

Em nossa avaliação com apenas etanol no tanque, o motor 1.3 proporciona boa agilidade no trânsito urbano, mas é preciso manter os giros um pouco mais elevados. Na estrada, as retomadas exigem um pouco de cuidado nas ultrapassagens mais “apertadas”.

Consumo

Por outro lado, o consumo é muito positivo, tanto no trânsito urbano como na estrada. Na cidade, com etanol no tanque e apenas o motorista, o computador de bordo registrou médias em torno de 10km/l; e, na estrada, chegou aos 12km/l.

Leia mais: VW Taos Comfortline

Foto: Eduardo Aquino

O câmbio tem relações de marcha que aproveitam bem toda a força do motor, sem “buracos” (queda de rotação) entre as marchas e com engates precisos. Por outro lado, o curso um pouco longo da alavanca atrapalha um pouco.

Calibragem

A calibragem elétrica da direção está bem acertada para as altas velocidades e para as manobras em vagas apertadas, nas quais o motorista também conta com a ajuda do diâmetro menor e do sensor de estacionamento traseiro. Falta câmera de ré.

Leia mais: Nissan Leaf em Minas

Foto: Eduardo Aquino

Em nossa avaliação, o Pulse Drive 1.3 se saiu relativamente bem em um trecho de estrada de terra graças à boa altura do solo e ao sistema de bloqueio e ao sistema TC+ (Electronic Locker) que transfere a força para a roda que não está patinando.

Apesar da maior altura do solo, a suspensão consegue equilibrar bem estabilidade e conforto, absorvendo bem as irregularidades do piso sem muitos ruídos e transmitindo um bom nível de segurança nas curvas mais fechadas.

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Foto: Eduardo Aquino

Ficha Técnica

Motor – Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, Flex, 1.332cm³ de cilindrada, que gera potências de 98cv (gasolina) a 6.000rpm e de 107cv (etanol) a 6.250rpm e torques de 13,2kgfm (gasolina) a 4.250rpm e de 13,7kgfm (etanol) a 4.000rpm

Transmissão – Tração dianteira e câmbio manual de cinco marchas

Direção – Assistência elétrica

Suspensão – Dianteira, independente, do tipo McPherson; e traseira, eixo de torção

Dimensões – Comprimento, 4,09m; largura, 1,77m; altura, 1,57m; e entre-eixos, 2,53m

Altura mínima do solo – 19cm

Ângulo de ataque – 20,4°

Ângulo de saída – 31°

Freios – Discos sólidos na dianteira e tambores na traseira

Rodas e pneus – Rodas de liga de 16 polegadas, calçadas com pneus 195/60 R16

Carga útil (ocupantes mais bagagens) – 400 quilos

Porta-malas – 370 litros

Tanque – 47 litros

Peso (em ordem de marcha) – 1.187 quilos

Foto: Eduardo Aquino

Principais equipamentos de série – Indicador de troca de marcha, retrovisores externos na cor preta, ar-condicionado automático digital, banco do motorista com regulagem de altura, faróis em LED, gancho universal para fixação cadeira criança (Isofix), controle automático de velocidade, coluna de direção com regulagem de altura, rodas de liga de 16 polegadas, assistente de partida em subida, controles eletrônicos de tração e estabilidade, lanterna traseira em LED, sensor de estacionamento traseiro, monitoramento da pressão dos pneus, travas elétricas com travamento automático a 20 km/h, alertas de limite de velocidade e manutenção programada, central multimídia com tela de 8,4 polegadas do tipo touchscreen (Apple Car Play, Android Auto, comandos de voz e duas portas USB, sendo uma do tipo A e outra do tipo C), quatro airbags, TC+ (Electronic Locker), quadro de instrumentos de 3,5 polegadas em TFT personalizável, direção elétrica, grade preta normal com Logo Fiat e Fiat Flag, Lane Change (Função auxiliar para acionamento das setas indicando trocas de faixa), USB traseira (Tipo A), sistema de partida a frio sem tanque auxiliar de gasolina, barras longitudinais no teto, luzes diárias em LED, sinalização de frenagem de emergência, comandos de áudio e painel de instrumentos no volante, maçanetas na cor preta e computador de bordo.

Opcional – Pack Multimídia (central multimídia com tela de 10,1 polegadas touchscreen, Apple Car Play e Android Auto, comandos de voz, entrada auxiliar, duas portas USB e sistema de navegação GPS embarcado), R$ 983,00.

Preços – R$ 89.990,00. Com pintura perolizada e Pack Multimídia, sobe para R$ 93.284,00.

Acelera Airedacao@aceleraai.com.br

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários