Confira como o Duster Iconic 1.3 se saiu em nosso teste

Andamos na versão topo de linha do utilitário-esportivo da Renault, que tem como principais pontos positivos a reforma no visual, que deixou o carro com uma aparência mais moderna e preservou o aspecto de robustez do modelo; o amplo espaço interno, tanto para cinco ocupantes como para as suas respectivas bagagens; o bom equilíbrio da suspensão, que consegue conciliar de forma eficiente conforto e estabilidade; e a cereja do bolo: o motor 1.3 com turbo e injeção direta de combustível, que gera 170cv de potência com etanol e que, devido ao bom torque disponível baixa, proporciona boas acelerações e retomadas de velocidade. Por outro lado, pelo preço, faltam alguns itens de segurança e de conforto na lista de equipamentos de série.

Foto: Eduardo Aquino

Na frente, destacam-se a grade com elementos pontilhados e novo desenho e que une os faróis em LED e o para-choque que, por ser protuberante, acaba expondo um pouco a choques os faróis de longo alcance que fazem parte do Ousider Pack.

Acabamentos

De perfil, os acabamentos plásticos nas caixas de roda, portas e soleiras destacam o caráter aventureiro do Duster, enquanto o desenho das rodas com acabamento diamantado de 17 polegadas busca realçar a pegada esportiva.

Leia mais: Oshkosh 2022 vem aí

Foto: Eduardo Aquino

Na traseira, chamam a atenção o formato quadrado das lanternas e com desenho interno em cruz, que fazem lembrar um pouco as do Jeep Renegade; e o acabamento em plástico na cor preta na parte de baixo do para-choque, que dá uma pitada de aventura.

Esportividade e aventura

Por dentro, o acabamento é de boa qualidade, criando um ambiente que inspira esportividade e aventura. Painel tem desenho simples, mas equilibrado, e bancos e volante são revestidos em couro sintético.

Leia mais: Elétricos se atraem

Embora não seja digital e personalizável, o quadro de instrumentos analógico, com uma pequena tela central para exibir as informações do computador de bordo, proporciona uma boa visualização para o motorista.

Oito polegadas

A central multimídia tem tela central de oito polegadas e sensível ao toque e possibilita conectividade com Android Auto e Apple CarPlay. Abaixo da tela, ficam os comandos do ar-condicionado, que não é de duas zonas e não tem saída para o banco traseiro.

Leia mais: Novo Hyundai HB20

Foto: Eduardo Aquino

O volante tem boa pega, abriga diversos comandos e possibilita boa visualização do quadro de instrumentos. Para encontrar uma boa posição de dirigir, o motorista conta com ajuste de altura e distância da coluna de direção e de altura do banco.

Espaço interno

O espaço interno amplo é um dos destaques positivos do Duster. Ele acomoda cinco adultos com conforto e espaço de sobra para as pernas dos ocupantes do banco traseiro. Também não falta lugar para a bagagem familiar no porta-malas de 475 litros.

Leia mais: Teste do Chery Arrizo6 Pro

Foto: Eduardo Aquino

Para facilitar a vida do motorista em manobras em lugares apertados, o Duster Iconic oferece boa calibragem da direção elétrica, sistema MultiView com câmeras que mostram o carro por vários ângulos e sensores de estacionamento traseiro.

Segurança

O pacote de segurança inclui controles de tração e estabilidade, sistema Isofix para fixar cadeiras infantis, detector de ponto cego, assistente de frenagem de emergência e apenas dois airbags, que é muito pouco para um carro dessa categoria.

Leia mais: Bike Fest de Tiradentes 2022

Foto: Eduardo Aquino

Também merece elogios no Duster Iconic a calibragem do conjunto de suspensão, que consegue filtrar bem as irregularidades do piso e proporcionar estabilidade suficiente para explorar um pouco a esportividade do motor 1.3 turbo.

Turbo e injeção

Por falar no motor, que tem turbo, injeção direta de combustível e duplo comando variável, destaque para o bom fôlego em baixas rotações (já a partir das 1.600rpm), que proporciona boas acelerações e retomadas de velocidade.

Leia mais: Ofensiva elétrica da GM

Foto: Eduardo Aquino

Traduzindo para o dia a dia, o motor possibilita agilidade no conturbado trânsito urbano, onde muitas vezes o motorista tem que “ir abrindo caminho”; e manter um bom ritmo de viagem e ultrapassagens mais seguras.

Consumo

E o motor 1.3 faz isso sem abusar do consumo, que é razoável para um SUV desse porte. Com apenas o motorista e etanol no tanque e ar desligado, o computador de bordo registrou médias de 8,8km/l na cidade e de 10,7km/l na estrada.

Contribuíram para o bom resultado em termos de economia de combustível o indicador de troca de marcha, que fornece boas dicas para a condução; o Eco Mode e o sistema Start/Stop, que desliga o motor durante as paradas.

Leia mais: Teste Corolla Cross XRE

Foto: Eduardo Aquino

O câmbio automático do tipo CVT tem oito marchas simuladas e acompanha bem o ritmo do motor, principalmente quando o motorista opta por uma tocada mais esportiva, realizando reduções mais rápidas.

A falta da tração 4×4 no Duster Iconic é compensada pela boa altura do solo (de 23cm) e os bons ângulos de entrada (30°) e de saída (34,5°), que garantiram um desempenho bem razoável em estradas de terra de pisos ruins.

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Foto: Eduardo Aquino

Ficha Técnica

Motor – Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16V, 1.330cm³ de cilindrada, Flex, com turbo e injeção direta de combustível, que gera potências de 162cv (gasolina) e de 170cv (etanol) de 5.500 a 6.000rpm e torque (gasolina ou etanol) de 27,5kgfm de 1.600 a 3.750rpm

Transmissão – Tração dianteira e câmbio automático do tipo CVT com oito marchas simuladas

Direção – Assistência elétrica

Suspensão – Dianteira, independente, do tipo McPherson; e traseira, eixo de torção

Dimensões – Comprimento, 4,37m; largura, 1,83m; altura, 1,69m; e entre-eixos, 2,67m

Altura livre do solo – 23,7cm

Ângulo de entrada – 30°

Ângulo de saída – 34,5°

Freios – Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira

Rodas e pneus – Rodas de liga de 17 polegadas, calçadas com pneus 215/65 R17

Porta-malas – 475 litros

Tanque – 46 litros

Peso (em ordem de marcha) – 1.353 quilos

Foto: Eduardo Aquino

Principais equipamentos – Chave-cartão com sensor presencial, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, retrovisores externos com regulagem elétrica, ar-condicionado automático, central de controle e segurança multimídia Easylink com tela de oito polegadas, sistema Multiview câmera, repetidores laterais de indicação de direção, desativação do airbag do passageiro, sensor de estacionamento traseiro, assistente de frenagem de emergência, duas posições ISOFIX no banco traseiro para fixar cadeiras infantis, controle de tração e estabilidade, auxílio de partida em rampa, faróis de neblina, detector de ponto cego, acendimento automático dos faróis, controle automático de velocidade com limitador de velocidade, Eco mode, sistema Stop & Start, direção elétrica, indicador de troca de marcha, bancos com revestimento Premium Noir Titane, skis frontal e traseiro, retrovisores externos na cor preta, volante com revestimento Premium, rodas de liga de 17 polegadas diamantadas, alargadores de para-lamas e adesivos laterais nas portas e barras de teto e retrovisores externos na cor preta.

Preços – A partir de R$ 138.790. Com pintura metálica e Outsider Pack, sobe para R$ 141.840,00.

Acelera Airedacao@aceleraai.com.br

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários