Galo vence clássico e sobe no G4, enquanto Coelho estaciona perto do Z4

clássico mineiro
Na próxima rodada, o Atlético visita o Corinthians (Pedro Souza/Atlético)

O Galo conseguiu mais uma vitória importante nesta noite de sábado (10) no Independência, em Belo Horizonte. O time ganhou do América por 1 a 0 no clássico mineiro, garantiu a 4ª vitória seguida e agora é terceiro colocado, com 22 pontos. Já o Coelho, ainda não conseguiu se afastar muito do Z4 e está em 16º lugar, com 9 pontos. Na próxima rodada, o Atlético visita o Corinthians no sábado que vem (17), enquanto o América recebe o Sport na segunda-feira (19).

Coelho melhor

No início do jogo, o América começou indo mais ao ataque e pressionando a saída atleticana. Na marca dos 18 minutos, o time chegou ao gol com o chute de Carlos Alberto após bate-rebate na área, mas o VAR anulou por impedimento. O Galo respondeu aos 22 com o chute de fora de Alonso para fora. Na marca dos 25, mais um lance perigoso para o Coelho: após escanteio, Rodolfo cabeceou, a bola viajou e por pouco, não foi para as redes.

Goleiros inspirados

Aos 31 do 1T, o time alvinegro quase abriu o placar com um lance inusitado. Zé Vitor tentou interceptar o passe atleticano, a bola subiu e só não entrou porque Cavichioli espalmou para escanteio. A resposta americana veio 4 minutos depois com o chute de Eduardo da diagonal na área, bem defendido por Everson.

No final do 1T, aos 41, o Galo esteve muito perto de abrir o placar. De dentro da área, Sasha chutou rasteiro e Cavichioli pegou com os pés. No rebote, o lateral improvisado Junior Alonso mandou no travessão.

Galo na frente

Na volta para o 2T, logo no 1º minuto, Carlos Alberto driblou Everson, cruzou para a área e Igor Rabello conseguiu afastar. O Galo respondeu aos 3 com chute de Zaracho, espalmado pelo arqueiro americano. O time alvinegro foi crescendo no jogo, e aos 22, abriu o placar. Hulk, que entrou no 2T, puxou a jogada e tocou para Savarino. O venezuelano cruzou para Dylan Borrero, que também chegou na 2ª etapa, e ele mandou para as redes.

O Coelho tentou a resposta aos 25 com cruzamento venenoso de Fabrício, mas a bola passou por todo mundo. O América chegava com pouco perigo ao ataque, enquanto o Atlético se defendia bem.

Desperdiçaram

Nos acréscimos do 2T, as duas equipes perderam boas chances. Aos 48, Cavichioli foi sair jogando e mandou nos pés de Felipe Felício. O atacante atleticano chutou para fora com o gol vazio. No lance seguinte, no escanteio para o Coelho, a cabeçada passou perto do gol. Fim de papo: 1 a 0 para o Galo, que pulou para a 3ª posição na tabela e deixou o América em 16º lugar, na cola do Z4.

Edição: Roberth Costa
Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

Comentários