Bares e restaurantes de BH passam a funcionar sem restrição de horário, determina Kalil

bares bh
Medida começa a valer hoje (Amanda Dias/BHAZ)

O prefeito Alexandre Kalil (PSD) publicou, nesta sexta-feira (15), um decreto autorizando o funcionamento de bares e restaurantes sem restrição de horário em Belo Horizonte. A medida, publicada no DOM (Diário Oficial do Município), também vale para outros tipos de serviços de alimentação e comércio. A decisão já está em vigor.

A medida vale para padarias, lanchonetes, comércio varejista de mercadorias em lojas de conveniência ou similares, comércio de alimentos em veículo automotor e em veículo de tração humana e serviços de alimentação para consumo no local. Estes serviços dizem respeito a restaurantes, cantinas, sorveterias, bares e similares, inclusive aqueles no interior de galerias de lojas, centros de comércio, shopping centers e clubes de serviço, de lazer, sociais e esportivos.

Até essa quinta-feira (14), os bares e restaurantes só podiam funcionar entre 5h e 1h. A liberação não se estende a estabelecimentos como boates ou locais fechados focados em entretenimento. No Diário Oficial de hoje, a PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) também publicou alterações no protocolo para shows e estádios de futebol (veja mais aqui).

Índices estáveis da Covid-19 em BH

Indicadores estão na fase de controle (Divulgação/PBH)

A capital mineira segue com todos os indicadores da Covid-19 no nível verde. Segundo o último boletim epidemiológico da PBH, de ontem (14), o número médio de transmissão por infectado (RT) está em 0,89; a ocupação de leitos de UTI de Covid-19 está em 43,6% e a ocupação de leitos de enfermaria de Covid-19 está em 38,2%.

Ao mesmo tempo, mais de 82% da população acima de 12 anos de BH e os indivíduos residentes em outros municípios vacinados na capital estão vacinados com a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Em relação à segunda aplicação, mais de 56% do público-alvo está com o esquema vacinal completo.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários