PBH anuncia que vacinação contra a Covid-19 para crianças será nos centros de saúde

Crianças de 9 e 11 anos poderão tomar a segunda dose
Crianças de 9 e 11 anos poderão tomar a segunda dose (Imagem ilustrativa/Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A vacinação contra a Covid-19 de crianças será em centros de saúde, a partir da próxima semana, nas nove regionais de Belo Horizonte. A PBH anunciou, nesta quinta-feira (17), que não haverá mais as aplicações em escolas. Os novos locais e endereços serão publicados no portal da Prefeitura. Durante a semana ocorrerá a aplicação de segunda dose em crianças e a repescagem da vacina.

Além disso, receberão a segunda dose da Pfizer Pediátrica as crianças de 11 anos, sem comorbidades, nascidas de julho a dezembro de 2010. Poderá se vacinar ainda o público infantil de 9 anos, também sem comorbidades.

Para tomar o imunizante é necessário que as crianças tenham, pelo menos, oito semanas desde a aplicação da primeira dose. As ações de repescagem para públicos já convocados são feitas diariamente. O horário de funcionamento dos Centros de Saúde e postos extras em dias úteis é de 8h às 17h. Já o horário dos pontos de drive-thru é de 8h às 16h30. Os shoppings funcionam de 13h às 19h30. 

Cronograma Atualizado

Dia 21/3 a 25/3, segunda a sexta-feira: – repescagem para grupos prioritários e faixas etárias já convocadas, inclusive público infantil, seja para aplicação de primeira dose, segunda dose, reforço e adicional, ou quarta dose.

Vacinação infantil

Dia 22/3, terça-feira: – segunda dose para crianças de 11 anos, sem comorbidades, nascidas de julho a dezembro de 2010, vacinadas com a Pfizer Pediátrica, em que o intervalo entre as aplicações é de oito semanas.

Dia 24/3, quinta-feira: – segunda dose para crianças de 9 anos, sem comorbidades, nascidas de janeiro a junho de 2012, vacinadas com a Pfizer Pediátrica, em que o intervalo entre as aplicações é de oito semanas.

Dia 25/3, sexta-feira: – segunda dose para crianças de 9 anos, sem comorbidades, nascidas de julho a dezembro de 2012, vacinadas com a Pfizer Pediátrica, em que o intervalo entre as aplicações é de oito semanas.

Crianças 

Para receber a segunda dose, todas as crianças devem estar acompanhadas de pais ou responsáveis e apresentar, preferencialmente, o documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF e cartão de vacina. Caso o acompanhamento seja por terceiros, é necessário apresentar o termo de autorização para vacinação, devidamente preenchido e assinado pelos pais ou responsáveis. 

Com PBH

Edição: Roberth Costa
Giulia Di Napoligiulia.di.napoli@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários