Pesquisar
Close this search box.

VÍDEO: Vilarinho alaga de novo e leva caos a moradores de Venda Nova

Por

vilarinho alaga de novo janeiro
Mais uma vez, a avenida Vilarinho ficou tomada pela água após transbordamento de córrego (Reprodução/@euvilarinho/Instagram)

Em mais uma forte chuva em Belo Horizonte, o córrego da Vilarinho alagou e levou transtornos à região de Venda Nova na noite desse sábado (7). A Defesa Civil alerta para mais chuvas até a manhã desta segunda-feira (9).

De acordo com a Defesa Civil, no período da alagamento, choveu 44 mm durante 45 minutos em Venda Nova. Somente nestes primeiros oito dias de janeiro, já choveu 66,3% da previsão para todo o mês na região.

Em vídeos que circulam pelas redes sociais, é possível ver o transtorno para moradores na noite de ontem. As vias chegaram a ficar interditadas. Veja:

Outro vídeo mostra a bacia de contenção – construída para minimizar os alagamentos – transbordando e atingindo a avenida Vilarinho cheia de veículos.

Alerta para Minas

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta de perigo por conta das chuvas intensas em 447 cidades de Minas Gerais. O volume de água fica entre 50 a 100 mm por dia, com rajadas de ventos de 60 a 100 km/h.

Dentre as orientações de segurança, a Defesa Civil destaca que não se deve passar por ruas sujeitas a alagamentos ou próximas a córregos e ribeirões durante chuvas intensas. Também é recomendado evitar estacionar carros próximo a torres de transmissão e placas de metal.

Durante rajadas fortes de vento, as pessoas não devem se abrigar debaixo de árvores por risco de queda. Há ainda perigo maior de descarga elétrica nesses locais.

Vitor Fernandes

Sub-editor, no BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018, 2019, 2020 e 2022), Sindibel (2019), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ