Dia ‘vira’ noite às 15h e assusta moradores de SP: ‘O fim do mundo’

Twitter/@pereirajrdevds + Twitter/@luanhenrique099

Uma nuvem densa e escura fez com que o dia parecesse noite em São Paulo, na tarde desta segunda-feira (19). Nas redes sociais, moradores da capital paulista publicaram fotos do céu escuro e questionaram o que teria causado o fenômeno.

Mais cedo, usuários cogitaram que a fumaça das queimadas que atingem vegetações e comunidades rurais em Rondônia teria chegado a São Paulo e escurecido o céu da capital. Contudo, especialistas negam, pois a pluma do incêndio não seria suficiente para causar o fenômeno.

https://twitter.com/millysilvac/status/1163548073294999552

A meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Helena Turon Balbino, disse ao jornal Estado de S. Paulo que, na verdade, trata-se de uma “nuvem muito baixa e profunda, por isso ela é tão escura, que se formou a partir de ventos bastante úmidos vindos de sudeste e sul”. “É mais ou menos como quando estamos em um avião, descendo e entramos no meio de uma nuvem”, acrescentou a especialista.

As queimadas na região amazônica já deixaram mortos e destruíram propriedades, além de ter causado o cancelamento e a alteração de rotas de voos no estado. Bombeiros combatem as chamas em diversas regiões há cerca de 15 dias.

Imagem
Caminho que a fumaça das queimadas deve tomar (Reprodução/MetSul)

A nuvem causada pela fumaça, que não chegou em São Paulo capital, alcançou outras cidades, como Londrina, no Paraná. Por lá, o dia amanheceu com o céu encoberto pela fumaça.

https://twitter.com/luanhenrique099/status/1163545701349044225

De acordo com a empresa de meteorologia MetSul, cidades do norte paranaense e do sul paulistano sentiram os efeitos da fumaça nesta segunda. A densa pluma deve atuar com mais força no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e estado de São Paulo, entre hoje e amanhã.