Covid: Anvisa recomenda ao governo brasileiro barrar viajantes de mais 4 países da África

aeroporto
Medidas são de caráter temporário (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A Anvisa (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária) recomendou, nesse sábado (27), que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) impeça a vinda de viajantes de mais quatro países da África para o Brasil. O objetivo é evitar a chegada da variante Ômicron do novo coronavírus.

Na nota técnica, a Anvisa alegou que a orientação foi dada “considerando a evolução do cenário e impacto epidemiológico da nova variante do vírus SARS-CoV-2”. A partir de amanhã (29), as fronteiras do Brasil vão estar fechadas para os seguintes países:

  • África do Sul
  • Botsuana
  • Lesoto
  • Namímia
  • Zimbábue
  • Eswatini

A agência recomentou que, além destes países, também sejam fechadas as fronteiras para viajantes vindos da Angola, Malawi, Moçambique e Zâmbia. As medidas são de “caráter temporário” e abrangem “qualquer meio de transporte (aéreo, rodoviário ou aquaviário)”.

Não está descartada a inclusão de novos países nesta lista. Segundo a Anvisa, é importante ficar atento à “evolução do cenário epidemiológico” na Bélgica, Israel e Hong Kong, pois a variante também foi detectada nestas localidades.

“As medidas aqui sugeridas possuem caráter temporário, devendo ser revistas conforme a evolução do cenário epidemiológico mundial, podendo também ser estendidas a outros países nos quais forem detectadas a circulação de novas variantes”, diz trecho da nota técnica.

Ômicron

A nova variante do coronavírus identificada na África do Sul, batizada de Ômicron (B.1.1.529), foi declarada uma variante de preocupação pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Ela tem uma proteína bastante diferente do vírus original e ainda não se sabe se as vacinas aprovadas até o momento são eficazes para evitar sua infecção.

A decisão brasileira de fechar as fronteiras seguiu restrições de viagens impostas por diversos países, como Reino Unido, Estados Unidos e a União Europeia.

Edição: Giovanna Fávero
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ de maio de 2017 a dezembro de 2021. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários