Pesquisar
Close this search box.

Ademir marca no fim e garante virada do Atlético contra o Cruzeiro

Por

cruzeiro atlético
Os times fizeram um jogo movimentado no Mineirão (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

No primeiro clássico mineiro de 2022, o Atlético levou a melhor após vencer o Cruzeiro de virada por 2 a 1. E foi na emoção, viu? Vitor Roque abriu o placar para a Raposa, Hulk empatou e Ademir virou o jogo nos acréscimos do 2º tempo.

O duelo mais tradicional de Minas ocorreu nesta noite de domingo (6) no Mineirão, em Belo Horizonte. Com a vitória, o alvinegro se firmou na liderança – com 22 pontos -, enquanto o Cruzeiro ocupa a 3º posição, com 19.

Na próxima rodada, o Galo visita o Democrata no sábado (12) e o Cruzeiro recebe o Pouso Alegre no próximo domingo (13).

Briga

O duelo entre os times foi marcado por confusão desde muito antes de a bola rolar. A Polícia Militar confirmou no fim da tarde a morte de um torcedores envolvidos em uma briga generalizada entre torcidas organizadas poucas horas antes do início do jogo. Durante o confronto, o jovem de 25 anos foi baleado e sofreu uma parada cardíaca.

O torcedor chegou a ser reanimado por uma equipe da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leste e encaminhado em estado grave ao Hospital João XXIII, mas não resistiu. A segunda vítima, um homem de 30 anos atingido por um disparo no ombro, ainda está na UPA.

Almoço

No mesmo dia da tragédia, as diretorias de Atlético e Cruzeiro almoçaram juntas para promover a paz e dar um exemplo de civilidade e rivalidade saudável. “Vivo o futebol há muitos anos e sei o quanto a violência é nefasta para o crescimento dessa indústria”, disse Ronaldo Nazário, da Raposa. “Que este dia simbolize o início de um novo tempo no futebol brasileiro”, afirmou Rafael Menin, vice-presidente do Conselho Deliberativo do Galo e um dos apoiadores financeiros do clube.

Começou quente

Logo no início, o Atlético teve boas chances, causadas por falhas da defesa do Cruzeiro. No primeiro minuto, Oliveira se enrolou e perdeu a bola. Jair chutou perigoso da entrada da área e a bola passou rente à trave. Aos 3, o goleiro Rafael Cabral errou na saída de bola e ela ficou com Keno, que tocou para Hulk. Com o gol vazio, o atacante chutou para fora.

Equilibrando

O Cruzeiro respondeu aos 4 com o chute de Canesin de fora da área, agarrado por Everson. Edu testou de longe aos 15, e a bola subiu. O alvinegro, que chegava com mais perigo no jogo, atacou de novo aos 24: Hulk chutou forte no canto e Rafael salvou com um tapinha para escanteio.

https://twitter.com/envelzpa/status/1500584627878207493?s=20&t=dNOJzgZc-5qM2eLjIRGSPw

Na volta para o 2T, o time cruzeirense assustou aos 2 minutos, quando Everson errou na reposição e deu de presente para Vitor Roque. Ele chutou para o gol, a bola desviou na zaga e passou perto.

Preocupação

Na marca dos 9 minutos, um lance preocupante no clássico: após cruzamento perigoso na área, Edu tentou cabecear e se chocou com a cabeça de Everson. O atacante celeste levou a pior no lance e precisou ser encaminhado para um hospital imediatamente.

‘Tá em choque?’

O Cruzeiro saiu na frente aos 24 do 2T com uma jogada de pé em pé, que começou no goleiro Rafael Cabral. De Canesin para Bruno José, que cruzou na cabeça de Vitor Roque. O jovem de 17 anos fuzilou as redes: 1 a 0 para a Raposa.

Quase

Por muito pouco, não veio o empate do Galo pouco depois, aos 27, quando Vargas cruzou na cabeça de Hulk e a bola foi no travessão. O atacante cobrou falta aos 29 e Rafael Cabral salvou o Cruzeiro de novo.

Empatou…

Até que na marca dos 38, diante de muita reclamação celeste, o árbitro marcou penalidade máxima para o Galo após carrinho de Oliveira em Hulk na área. O próprio atacante chutou e marcou para empatar o placar.

Nos acréscimos, aos 48, Ademir fez boa jogada na área, limpou a zaga e chutou forte, para outra ótima defesa de Rafael.

… e virou

A pressão alvinegra funcionou e o time chegou à vitória praticamente no último lance, aos 51 minutos. Arana fez cruzamento da esquerda, a zaga celeste dormiu e Ademir mandou para as redes para garantir a vitória para o líder do Mineiro, com 22 pontos!

https://twitter.com/DidicoCAM/status/1500609076459413509?s=20&t=OzLSASSUSll1FKv-cdlgcw

Beatriz Kalil Othero

Jornalista formada pela UFMG, escreve para o BHAZ desde 2020, e atualmente, é redatora e fotógrafa do Portal. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2021 e 2022, e pela Rede de Rádios Universitárias do Brasil em 2020.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ