Benecy Queiroz morre em BH; funcionário trabalhou no Cruzeiro por mais de 50 anos

Benecy Queiroz
Colaborador lutava contra um câncer (Reprodução/Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Morreu nesta segunda-feira (25), em Belo Horizonte, Benecy Queiroz, um dos funcionários mais antigos do Cruzeiro. Com 82 anos, ele atuou no clube por mais de 50 anos e exerceu, por último, o cargo de administrador da Toca da Raposa II, centro de treinamento da equipe profissional. Segundo informações preliminares, ele enfrentava um câncer.

Em decorrência da enfermidade, Benecy Queiroz estava afastado do clube há um tempo. De acordo com o Globo Esporte, ele chegou a ser internado em março de 2021 e passou por uma cirurgia no estômago. Há alguns dias, estava hospitalizado na Zona Sul de Belo Horizonte. A família ainda não informou sobre o velório e sepultamento de Queiroz.

Em suas redes sociais, o Cruzeiro lamentou a perda do funcionário, que já contribuiu em diversas funções no time mineiro. Natural da região hoje ocupada pelo Tocantins, o colaborador da Raposa chegou ao time em 1969, como preparador físico.

Torcedores e jogadores lamentam

Nos comentários, Benecy Queiroz recebeu homenagens e agradecimentos pela longa passagem no Cruzeiro. “Um dos funcionários mais dedicados e competentes que o clube já teve”, comentou um homem. “Lembrem-se rivais, só Deus pode julgar, nesse momento de dor da família e amigos, que Deus possa confortar a todos”, escreveu outro.

Um terceiro ainda teceu elogios à atuação de Benecy durante quase cinco décadas. “Benecy Queiroz se foi e com ele belas páginas da História do Cruzeiro. Benecy era o que muitos chamam de carregador de piano do Cruzeiro, no seu esplendor. Era o grande organizador de coisas. Um grande profissional no complicado mundo do futebol. Deus o receba”.

Nos stories do Instagram, o goleiro Fábio – que deixou o Cruzeiro após polêmica no início deste mês – prestou condolências. “Meu forte abraço à família do Sr. Benecy, sinto muito, Deus traga a paz e o conforto necessário para seguirem!! Seus dias de luta terminaram, seus dias de glória chegaram e agora o céu azul é todo seu”, escreveu.

Outras personalidades do universo futebolístico, como o treinador e ex-futebolista Alex de Souza, e Vanderlei Luxemburgo, lamentaram a morte em seus perfis.

Confira abaixo alguns tuítes:

Edição: Vitor Fernandes
Nicole Vasquesnicole.vasques@bhaz.com.br

Graduanda em Jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2022.

Comentários