Tutores acreditam que cão é gay, o abandonam por isso e caso tem reviravolta

cachorro-abandonado
Antigos tutores viram cachorro montando em outro animal macho (Reprodução/@JarrettBellini/Twitter)

Um cãozinho acabou sendo abandonado pelos tutores sob a justificativa de que poderia ser gay. Os antigos donos do cachorro o viram cruzando com outro cão macho e ficaram receosos de que ele pudesse ser homossexual, segundo os voluntários da ONG que acolheu o animal. O caso ocorreu na Carolina do Norte, Estados Unidos.

De acordo com o New York Post, o abrigo alegou que os antigos tutores de Fezco – nome do animalzinho -, ficaram horrorizados quando o viram montando em outro cachorro macho. Por conta disso, a família deixou o cão no Stanly County Animal Protect Services, em Albermale, condado na Carolina do Norte.

O cachorro preto e marrom, que acredita-se ter cerca de 4 ou 5 anos, é amigável com outros animais e pessoas, conforme dito pelo abrigo. A ASPCA (Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais) afirma que montar ou empurar pode ser parte do comportamento normal durante brincadeiras entre animais de estimação.

Comportamento não indica sexualidade

O órgão informa, ainda, segundo o Times Now, que tal ação não é necessariamente um indicativo de sexualidade. Cachorros às vezes montam em outros animais “para exibir status ou controle social”, pontua a ASPCA.

Fezco estava disponível para adoção e conseguiu um novo lar, nessa terça-feira (19). A página do abrigo anunciou a novidade através do Facebook: Nós gostaríamos de fazer um agradecimento especial ao Greater Charlotte SPCA por ter levado o Fezco para seu resgate!”.

“Felizmente, eles tinham um adotante anterior, e Fezco foi adotado!!! Obriado GCSPCA por tonar isso possível!”, agradeceu a ONG que abrigou o cãozinho inicialmente. Confira:

Edição: Roberth Costa
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários