EUA alertam sobre caramujos gigantes: ‘Risco potencial para a saúde humana’

caramujo gigante
Caramujos-gigantes-africanos foram encontrados no estado da Flórida (Reprodução/Fox13 News)

O governo dos Estados Unidos emitiu um alerta sobre o perigo dos caramujos-gigantes-africanos. De acordo com as autoridades norte-americanas, “um dos caracóis mais nocivos do mundo e um risco potencial para a saúde humana”. As informações são do portal internacional Yahoo!Sports.

“Eles são perigosos para a nossa saúde porque carregam parasitas (Angiostrongylus cantonensis) que causam meningite em humanos. Também consomem pelo menos 500 plantas diferentes, tornando-os uma clara ameaça aos nossos espaços agrícolas e naturais”, disse a comissária de Agricultura da Flórida, Nikki Fried, durante entrevista coletiva para jornalistas no início do mês.

Laboratórios estaduais da cidade de Gainesville encontraram o parasita em espécimes de caracóis em 15 de julho. Quase três mil caracóis foram coletados em 600 inspeções desde que as autoridades identificaram o intruso em 23 de junho, segundo autoridades agrícolas estaduais.

“Normalmente, não afetam as pessoas. Mas se acidentalmente entrarem em seres humanos, esses parasitas podem se perder e acabar em lugares nos quais podem causar muitos danos, como dentro dos globos oculares ou mesmo no cérebro”, explicou William Kern, professor do Departamento de Entomologia e Nematologia da Universidade da Flórida.

Fried ainda aconselhou as pessoas a não tocarem, removerem ou comerem os caracóis, pois representam uma séria ameaça à saúde humana e animal.

Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Sub-editor no BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018, 2019, 2020 e 2022), Sindibel (2019), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários