Golpista é preso após pagar empréstimo a idoso com nota de R$ 420 em Minas

nota de R$420
A nota de R$ 420 foi utilizada por um golpista em pagamento a um idoso de Unaí (PM/Divulgação)

Um jovem de 24 anos foi preso após pagar um empréstimo com uma nota falsa no valor de R$ 420. A vítima é um idoso, de 75, que ainda foi obrigado a devolver R$ 320 de troco para o suspeito. O caso foi registrado em Unaí, na região Noroeste de Minas Gerais, nessa quinta-feira (29). A cédula falsificada tem o desenho de um bicho-preguiça e folhas de maconha.

O idoso contou ter emprestado R$ 100 para o jovem na semana passada e que na última terça (27) o golpista chegou para pagá-lo. A vítima disse ter estranhado, pois recebeu uma nota no valor de R$ 420. Conforme registrado na ocorrência, ele recusou a receber, já que nunca tinha visto uma cédula daquela quantia.

O jovem, segundo o idoso, ficou nervoso diante da não aceitação do falso pagamento e justificou dizendo que havia sacado o valor no caixa eletrônico do banco da cidade. O idoso acabou acreditando, pegou a nota e ainda devolveu R$ 320 de troco para o golpista.

Após descobrir que a nota não possuía valor, a vítima chamou os militares. Ele disse que o rapaz aproveitou a idade avançada e a inocência dele para enganá-lo.

nota 420
Golpista disse que sacou nota no caixa eletrônico (PM/Divulgação)

Prisão

A PM foi até a casa do suspeito e o golpista confirmou o pagamento da dívida com a nota de R$ 420. Ele afirmou ter recebido a cédula no caixa eletrônico do banco e que já havia gastado o troco passado pelo idoso.

Buscas foram realizadas na casa do suspeito e drogas foram encontradas dentro de um guarda-roupa, além da quantia de R$ 56. O rapaz afirmou que as substâncias eram utilizadas por ele e a esposa. Ele ainda contou que está em liberdade condicional e tem passagens por roubo e receptação. O golpista acabou sendo preso em flagrante.

droga apreendida
Materiais apreendidos na casa do suspeito (PM/Divulgação)
Edição: Roberth Costa
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários