Pesquisar
Close this search box.

Perfil de prefeitura em Minas Gerais é invadido e hackers publicam conteúdo adulto

Por

prefeitura de ouro fino facebook hackeado
Prefeitura de Ouro Fino teve Facebook hackeado (Reprodução + Prefeitura de Ouro Fino)

O perfil do Facebook da prefeitura de Ouro Fino, região Sul de Minas Gerais, foi hackeado na última semana. Desde então, os invasores têm publicado imagens de conteúdo adulto na página. A administração municipal acionou a Polícia Civil para investigar o caso.

A prefeitura afirma que uma pessoa ainda não identificada invadiu a página, removeu os administradores e trocou o e-mail e a senha. “O município já tomou as providências necessárias para retomar o controle da página”, informaram em comunicado, nessa sexta-feira (14).

“O Facebook ainda não se manifestou e tem, sistematicamente, negado as denúncias que são feitas contra o conteúdo que tem sido apresentado na página”, acrescentou a administração municipal.

Hackers publicam conteúdo adulto em página da prefeitura (Reprodução)

A administração do município pediu desculpas e paciência aos mais de 23 mil seguidores na rede social. 

“Com certeza teremos uma resposta da justiça e vamos encontrar o hacker ou os hackers que estão prejudicando não só a prefeitura, mas toda a população que usa a nossa página para receber informações e notícias a respeito da cidade”.

Nesse sábado (15), a prefeitura anunciou que criou um novo perfil no Facebook. “As nossas postagens são autenticadas com a nossa logo e o brasão do município”, informaram. Por meio do Instagram, a administração municipal pediu à população para seguir a nova página.

Em nota, a Polícia Civil disse que “instaurou inquérito para investigar a ocorrência registrada na última quinta-feira (13/6), em Ouro Fino”. A corporação afirmou que divulgará outras informações “tão logo seja possível”.

Andreza Miranda

Graduada em Jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2020. Participou de duas reportagens premiadas pela CDL/BH (2021 e 2022); de reportagem do projeto MonitorA, vencedor do Prêmio Cláudio Weber Abramo (2021); e de duas reportagens premiadas pelo Sebrae Minas (2021 e 2023).

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ