Pesquisar
Close this search box.

Pedreiro de 47 anos fica incrédulo ao passar em faculdade federal e reação emocionante viraliza: ‘Primeiro da família’

Por

pedreiro surpreso
Adenilson foi aprovado em filosofia na UFG (Reprodução/@frozinhe/Twitter)

Um pedreiro de 47 anos viralizou nas redes sociais após descobrir que passou na faculdade. Adenilton Nicolau Musgo vai realizar o sonho de cursar filosofia na UFG (Universidade Federal de Goiás). O vídeo emocionante já tem quase 1 milhão de visualizações em dois dias.

A responsável por fazer a inscrição de Adenilton na faculdade, e de dar a notícia da aprovação, foi a filha Sara Linhares Musgo. Ela mora com a família em Aparecida de Goiânia (GO). Ao BHAZ, ela conta que o pai sempre teve vontade de estudar, mas nunca teve oportunidade.

“Ele veio com essa história, que se fosse mais novo, faria faculdade. Explicamos que as pessoas mais velhas também podem, que não tem idade. Então ele se empolgou com a ideia e fomos pensar nos cursos. Ele fazia teologia na igreja. Falamos em cursar história, ciência sociais e filosofia. Entre essas opções, ele escolheu filosofia, já que sempre gostou de argumentar, conversar, convencer as pessoas”, explica.

Adenilson já havia feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2014. Com isso, Sara o inscreveu num processo seletivo complementar na UFG. “Meu pai nem sabia a nota que tinha tirado no Enem, se tinha ido bem ou mal. Ele não entende muito de tecnologia e, na época, eu era menor e não soube ajudar também”.

Emoção na hora do resultado

Nessa terça-feira (2) foi o grande dia do resultado. “Olhei no serviço, vi que ele passou e imprimi para mostrar lá em casa. Não contei nada para ele. Aquele momento do vídeo foi de muito emoção, todo mundo ficou bem feliz. Ele estava sem acreditar”, conta a filha do pedreiro e agora estudante de filosofia.

https://twitter.com/frozinhe/status/1653562389093031939

O mais novo estudante começa a faculdade nesta sexta-feira (5), e vai cursar filosofia na parte da noite. “Sabemos que vai ser bem cansativo para ele, já que trabalha pesado o dia inteiro, mas estamos aqui para ajudá-lo. Vamos apoiá-lo o tempo todo, nas leituras, dúvidas, no que precisar”.

“Depois que tuíte viralizou, muita gente da faculdade mandou mensagem oferecendo material, livros e o que precisar. Apoio não vai faltar. Ele vai realizar o sonho de continuar os estudos”, completa.

Agradecimento

Com a grande repercussão da história, Adenilton apareceu nas redes sociais para agradecer o carinho das pessoas. Em vídeo gravado numa obra, ele faz questão de citar a filha também.

“Estamos aqui fazendo um serviço de pedreiro. Eu quero agradecer o pessoal que está me apoiando. A partir de semana que vem minha rotina muda. Minhas meninas sonharam um sonho que eu tinha, e a Sara me ajudou a realizar. Quero agradecer a Sara por me dar todo o apoio do mundo”, começa.

“Vou iniciar minha jornada fazendo filosofia na UFG. Obrigado, galera, por estar me apoiando. É nós!”, completa o pedreiro. Ao fundo, é possível ouvir um colega comemorando junto: “Ah moleque!”. Assista:

Vitor Fernandes

Sub-editor, no BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018, 2019, 2020 e 2022), Sindibel (2019), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ