Após Bolsonaro se filiar ao PL, Thammy Miranda anuncia saída do partido: ‘Já sofri ataques’

thammy miranda
Decisão foi tomada após filiação de Bolsonaro (Reprodução/@ThammyReal/Instagram)

O vereador Thammy Miranda anunciou a saída do PL (Partido Liberal) após o presidente Jair Bolsonaro ter se filiado à sigla nessa terça-feira (30). Em vídeo postado nas redes sociais, o parlamentar da cidade de São Paulo apresentou as justificativas que fizeram com que a decisão fosse tomada.

“Temos ideias diferentes, além de que já sofri ataques pessoais de membros da família do presidente inclusive contra meu filho quando ainda era recém-nascido”, disse no começo da gravação compartilhada no perfil do Twitter.

Em janeiro de 2020, Carlos Bolsonaro postou fotos de Thammy, da mulher dele e do filho do casal. Na oportunidade, o filho do presidente não escreveu nada. O vereador de São Paulo exigiu, à época, explicações para saber se era uma homenagem ou manifestação de preconceito, visto que ele é transexual.

No vídeo do anúncio da saída do PL, Thammy Miranda ressaltou que está na política para “lutar” pelo povo. “Não entrei para atacar ninguém ou desrespeitar qualquer pessoa que seja, eu não entrei para lutar contra políticos”.

O parlamentar destacou que o foco dele é “trabalho” e que procurar representar as pessoas, “principalmente quem não se sente representada e que não eram enxergadas por ninguém”.

Por fim, Thammy reafirmou que o trabalho segue sendo realizado na Câmara de São Paulo “escutando e cuidando” da população”.

Repercussão

Nos comentários do vídeo publicado, o vereador de São Paulo recebeu apoio, mas também foi criticado pela decisão de deixar o PL. “Parabéns. Princípios não se negociam”, “Não esperava outra coisa de você. Coerência que chama”, “Fizeste certo. Tens que ficar bem longe deste ser e dos dele”, escreveram os apoiadores.

Os críticos, por sua vez, afirmaram que Bolsonaro está “limpando o partido”.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ de maio de 2017 a dezembro de 2021. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários