Vereadora Bella Gonçalves vai acionar MP contra Nikolas Ferreira por episódio de transfobia

bella e nikolas
Bella criticou que o vereador tenha exposto nas redes sociais uma adolescente trans de 15 anos que utiliza banheiros femininos em colégio de BH (Reprodução/@bellagoncalves.oficial + @nikolasferreiradm/Instagram)

A vereadora de Belo Horizonte e pré-candidata a deputada estadual de Minas Gerais, Bella Gonçalves (Psol), denuncia ter sido ameaçada na tarde de ontem (1º) após levar ao plenário um episódio de transfobia atribuído ao vereador Nikolas Ferreira (PL). Na ocasião, Bella criticou que o vereador tenha exposto nas redes sociais uma adolescente trans de 15 anos, aluna de um colégio particular de BH, que usa os banheiros femininos da instituição.

Pelas redes sociais, a parlamentar conta que precisou ser escoltada por seguranças ao deixar a Câmara Municipal. Bella informou que vai abrir uma representação no Ministério Público contra Nikolas Ferreira.

“O que aconteceu em Belo Horizonte é muito grave. É um crime contra crianças e adolescentes e é um crime de transfobia”, disse ela. O BHAZ procurou o vereador Nikolas Ferreira para obter um posicionamento sobre o assunto e aguarda o retorno.

Troca de farpas

O desentendimento entre os vereadores não terminou na casa Legislativa. Desde a noite de ontem (1º), os parlamentares usaram o Twitter para trocar farpas.

Nikolas ironizou a denúncia feita pela pré-candidata e, mais tarde, publicou um vídeo da confusão no plenário em que reafirma seu posicionamento contrário ao uso do banheiro feminino por alunas trans. “Não pode discordar de nada mais, caso contrário, você é transfóbico. Vai ver se eu tô lá na esquina”, escreveu ele, em menção ao ocorrido.

“Cadeia pra menor que mata, estupra e rouba? Não! Os presídios estão lotados… Só vale pedir prisão pra quem não concorda com homem usando banheiro de…mulher”, disse ele, em outra publicação. Já Bella Gonçalves reafirmou seu compromisso na luta pelos direitos da comunidade LGBTQIA+ e voltou a criticar o posicionamento do vereador bolsonarista, o chamando de “papagaio de ditador”.

“O vereadorzinho inepto, showzêro de redes sociais, papagaio de ditador, mobilizou suas redes e colocou sua ‘tropa’ para me atacar. Mais uma demonstração do tanto que é covarde”, escreveu.

Edição: Roberth Costa
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog.

Comentários