‘Amor é dor’: Anel de noivado de Megan Fox tem ‘espinhos’ que machucam caso ela tente tirá-lo

machine gun megan fox
Machine Gun Kelly e Megan Fox ficaram noivos na semana passada (Reprodução/@tracklist/Twitter)

O músico Machine Gun Kelly revelou que deu um anel de noivado com espinhos para Megan Fox. Segundo Colson Baker (nome real de Machine), o conceito do anel é projetado para que doa caso a atriz resolva tirá-lo. O casal anunciou o novo passo no relacionamento através das redes sociais, na semana passada.

Em entrevista para a Vogue, Kelly explicou sobre o anel: “É uma esmeralda colombiana pura, sem tratamento. Foi apenas esculpida direto da lágrima, direto da mina. O conceito é que o anel pode se separar para fazer dois anéis”.

“Quando está junto, é mantido no lugar por um ímã. Então você vê como ele se encaixa? E então forma um coração obscuro. E você vê isso aqui? As laterais são realmente espinhos. Então, se ela tentar tirá-lo, dói”, disse Machine Gun.

‘Amor é dor’

Ao ser questionado sobre a ideia inusitada, o noivo de Megan Fox respondeu: “O amor é dor”. Para anunciar o noivado com a atriz, Machine Gun Kelly postou um vídeo da mão da noiva com o estonteante anel no dedo. O pedido de casamento aconteceu na última terça-feira (11).

“Sim, nesta vida e em cada outra vida. Sob os mesmos ramos sob os quais nos apaixonamos, eu a trouxe de volta para pedi-la em casamento. Sei que a tradição é um anel, mas eu o projetei com Stephen Webster para ser dois: a esmeralda (pedra de nascimento dela) e o diamante (minha pedra de nascimento)”, detalhou.

Machine continuou a explicar, na legenda do vídeo: “Colocados em duas faixas magnéticas de espinhos que se unem como duas metades da mesma alma formando o coração obscuro que é nosso amor. 11-1-2022”. Confira a postagem:

Megan Fox posta vídeo do pedido

Megan Fox também compartilhou um registro do pedido de casamento em suas redes sociais. No vídeo, é possível ver o momento em que o músico se ajoelhou para pedi-la. A legenda causou um burburinho entre os internautas, que ficaram sem entender sobre o “pacto de sangue” que a atriz mencionou.

“Em julho de 2020, nós nos sentamos sob esta figueira. Pedimos por magia. Estávamos alheios à dor que enfrentaríamos juntos em um período de tempo tão curto e frenético. Desconhecendo o trabalho e os sacrifícios que o relacionamento exigiria de nós, mas intoxicados pelo amor. E o carma”.

A atriz continuou: “De alguma forma, um ano e meio depois, tendo caminhado juntos pelo inferno, e tendo rido mais do que eu imaginava ser possível, ele me pediu em casamento. E como em toda vida anterior a esta, e como em toda vida que se seguirá, eu disse que sim…e depois bebemos o sangue um do outro”.

E você, o que achou desse noivado?

Edição: Giovanna Fávero
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários